Equipe de protetores de animais procurou e resgatou o cão nas proximidades da estação. CPTM por sua vez alega que o vigilante quase foi atacado e estaria se defendendo.

Publicado: 28/07/2021

Foto: Reprodução Instagram

Um cachorro foi agredido por um segurança da CPTM na estação Osasco das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda na noite desta terça-feira, 27 de julho de 2021, e depois colocado para fora da estação segundo testemunhas. Parte do fato foi filmado por passageiros e publicado nas redes sociais.

Em um doa vídeos é possível ver o momento em que após o cachorro se aproximar do vigilante, ele usa o cordão do seu apito para afastar o animal, gerando insatisfação de pessoas que estavam próximas.


Depois disto, o cachorro teria sido colocado para fora da estação de qualquer maneira, e não houve o acionamento de uma ONG por exemplo, que poderia dar melhor destino ao animal.

Como o caso repercutiu nas redes, o Deputado Estadual Delegado Bruno acabou agindo e membros de sua equipe foram nas imediações da estação procurar o cãozinho, que veio ser localizado. Ele estava em uma loja da região depois de ser acolhido pelo proprietário, que ao saber da busca, comunicou a equipe de protetores dos animais.

O cãozinho foi levado então para uma clínica e esta passando por exames e recebendo a devida atenção.

Já  a CPTM por meio de nota em resposta aos questionamentos realizados pelo Diário dos Trilhos, informou que não houve ferimento ao animal, diz também repudiar atos de violência e que fará analise das imagens das câmeras de segurança para identificar o ocorrido.

Foto: Reprodução Instagram

Leia abaixo na íntegra a nota enviada pela companhia:

“Na noite da última terça-feira (27/07), vigilantes da Estação Osasco, que atende as Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM, localizaram um cachorro na plataforma. O animal estava seguindo um passageiro, que afirmou não ser seu dono. Um dos vigilantes, na tentativa de retirar o animal da estação para garantir a segurança de todos (inclusive do próprio cachorro que poderia cair na via), quase foi atacado e usou o cordão do apito para afastá-lo. O cachorro saiu da estação em seguida, sem qualquer ferimento. A CPTM repudia qualquer ato de violência, irá analisar as imagens internas para identificar se houve algum excesso e, se necessário, reorientará a vigilância para situações como esta.”

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram – http://www.instagram.com/diariodacptm

Instagram – https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.