Plataformas ficaram encharcadas com passageiros se molhando mesmo embaixo da cobertura, com alguns abrindo guarda-chuva para se proteger.

Publicado: 09/10/2020

Pouco após um mes de ter sido inaugurada, a estação de Francisco Morato da Linha 7-Rubi não passou nos testes da cobertura para proteger os passageiros da chuva, deixando todos molhados.

A forte chuva quer atinge a Região Metropolitana desde o final da madrugada, mostrou que obras complementares quando a estrutura de telhado e derivados se faz necessária.

Vídeos que circulam as redes sociais mostram passageiros molhados nas plataformas e alguns abrindo sombrinhas e guarda-chuvas para não se molharem, algo que deveria ser função da estrutura.

Créditos: Celso Cunha/Reprodução Twitter

Um dia após a inauguração, o Diário dos Trilhos publicou uma matéria mostrando vários problemas encontrados, incluindo a questão de uma cobertura alta, mas sem qualquer tipo de barreira nas laterais que evitariam uma chuva de vento e ou minimizariam seus impactos.

Na época do Presidente da CPTM, Pedro Moro, disse ao site que a CPTM percebeu a necessidade após a conclusão da obra de um serviço complementar e assim instalar placas laterais para oferecer proteção contra chuva, porém ainda sem data.

Procuramos a CPTM, mas até a publicação desta matéria a companhia não havia se manifestado sobre o problema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.