Todos os passageiros podem embarcar nas linhas de metrô sem pagar a passagem.

Publicado: 23/03/2023 – às 09h20

Foto: Diário dos Trilhos

O Metrô de São Paulo após pressão do Sindicato dos Metroviários e como parte de um avanço nas negociações da greve iniciada na meia noite desta quinta-feira, 23 de março de 2023, decidiu liberar todas as catracas em todas as estações que gerencia, portanto, transporte gratuito para os passageiros enquanto durar a greve.

A medida é válida somente nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata em todas as estações.

Para embarcar basta o usuário passar a catraca, não é necessário pedir autorização, passar o bilhete único, cartão TOP ou QR Code.

A medida já havia sido proposta pelo sindicato da categoria para evitar a paralisação e aprovada inclusive pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho), mas foi a primeiro momento recusada pelo Metrô como medida de segurança.

O Sindicato dos Metroviários já está convocando para a volta aos postos de trabalho de todos os funcionários o mais breve possível, para abrir as estações e colocar em circulação os trens.

Em nota divulgada para a imprensa, o Metrô informou que decidiu liberar as catracas para não prejudicar ainda mais a população e que ela foi condicionada ao retorno de 100% dos trabalhadores.

Leia a nota a seguir.

“O Metrô comunicou ao Sindicato dos Metroviários a liberação do funcionamento do sistema nesta quinta-feira (23) com liberação total das catracas (catraca livre, entrada gratuita), de forma a não prejudicar ainda mais a população que depende do transporte. A medida será colocada em prática, condicionada ao retorno imediato de 100% dos funcionários da operação e manutenção, para garantir a segurança dos passageiros. A liberação deve gerar prejuízo dificultando ainda a saúde financeira da empresa.

A Companhia reforça que tentou todas as formas de negociação, inclusive com a concessão de benefícios como o pagamento de progressões salariais. A empresa também cumpre integralmente com o acordo coletivo de trabalho e as leis trabalhistas.”


É importante ressaltar que a cobrança da tarifa nas estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), ViaQuatro (Linha 4-Amarela) e ViaMobilidade continuam sendo cobradas normalmente e a integração/transferência com as linhas do metrô permanece fechada.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook –
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://ww.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.