Funcionários das empresas EAOSA e Ribeirão Pires protestam pelo não pagamento das verbas rescisórias.

Publicado: 05/11/2021

Uma paralisação dos motoristas e cobradores das empresas de ônibus Viação Ribeirão Pires e EAOSA, afetam o atendimento do transporte intermunicipal no ABC Paulista na manhã desta sexta-feira, 5 de novembro de 2021.

São 14 linhas que ligam a região até a cidade de São Paulo e por enquanto estão sem previsão de volta a normalidade.

De acordo com a EMTU, os municípios de Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André e São Caetano do Sul são afetados.  

Como alternativa é recomendado aos passageiros recorrer ao uso dos ônibus municipais e efetuar a viagem e também a Linha 10-Turquesa da CPTM.

De acordo com o site Diário do Transporte, o novo empresário que assumiu a gestão continuou o contrato de 150 dos 250 trabalhadores, demitindo cem deles.

A primeira parcela teria sido paga da rescisão, mas o restante ficou em aberto.

Leia mais sobre: https://diariodotransporte.com.br/2021/11/05/paralisacao-de-onibus-da-eaosa-e-ribeirao-pires-atinge-o-abc-paulista-na-manha-desta-sexta-05/

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.