Com o avanço da tecnologia embarcada em veículos, estes profissionais precisam cada vez mais de maior capacitação. Exemplo disto é o sistema de Sorocaba, interior de São Paulo.

Publicado: 16/02/2021

Foto: Divulgação BRT Sorocaba

Uma pesquisa realizada pelo Linkedln aponta que nos últimos cinco anos a profissão de motorista de ônibus cresceu 68% entre 2015 e 2020, sendo considerada uma área promissora no ano anterior, mesmo em um período de pandemia.

Diante deste cenário o BRT de Sorocaba que está em fase de ampliação do sistema  em vias de acrescentar 37 novos ônibus articulados aos 43 veículos já em operação no Corredor Ipanema que liga o centro da cidade ao Terminal São Bento, investiu no aperfeiçoamento profissional de seus colaboradores e assim melhor familiarizar estes com as novas tecnologias.

Segundo a Supervisora de Recursos Humanos da Concessionária BRT Sorocaba, Andréa Liupekevicius, os motoristas estão lidando cada vez mais com ônibus mais avançados e com outros recursos que precisam ser gerenciados durante a condução do veículo, exigindo um nível maior de capacitação.

“Estamos implantando um novo sistema de transporte e com veículos mais modernos, precisamos de profissionais que acompanhem a chegada dessas novas tecnologias. Diariamente recebemos currículos de pessoas interessadas em ingressar na empresa. Por isso, recomendamos que aqueles que têm o desejo de trabalhar neste segmento que invistam em cursos de aperfeiçoamento e mantenham-se sempre atualizados”, explica Andréa.

Com isto, possuir a CNH em categoria E não é o suficiente, mas obter formação em curso de Transporte Coletivo de Passageiros e passar por treinamentos operacionais também são necessários. Aliado a isto, estão os conhecimentos individuais e imprescindíveis como a noção de espaço, já que ônibus articulados possuem o tamanho maior em relação aos ônibus convencionais, conhecimentos do uso do sistema de freio ABS, eixo traseiro direcional, câmbio automático, suspensão a ar, uso das câmeras de monitoramento, bem como a operação de embarque e desembarque por ambos os lados.

Por essa razão não só no BRT de Sorocaba, mas como em outros meios de transporte pelo país, a capacitação do trabalhador vem se tornando cada vez mais uma questão de investimento pessoal que volta ao empregador do transporte, em uma operação mais eficiente e segura.

O sistema de BRT (Bus Rapid Transit) vem sendo implementado em Sorocaba para aplicar o sistema de corredores exclusivos de ônibus que diminuem o tempo de viagem. Atualmente opera no eixo norte-sul por meio do Terminal Vitória Régia e do Corredor Itavuvu, tendo trajeto que passa por corredores estruturais na região central e sul, bem como outros terminais da cidade. Já o trecho do BRT entre o Corredor Ipanema e do novo Terminal São Bento está em fase de conclusão.

Quando estiver concluído terá 28 estações preferenciais, 4 estações de integração, 96 pontos de parada e 3 terminais novos ainda integrando com o Terminal Santo Amaro e Terminal São Paulo, permitindo  a integração temporal entre várias linhas municipais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.