Medida faz parte de um termo de cooperação entre o instituto e a SPTrans.

Publicado: 07/01/2021

O IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo) assinou com a SPTrans, um termo de cooperação técnica com o objetivo de analisar a qualidade do ar no interior dos ônibus do transporte coletivo da capital.

Caberá ao instituto colher amostras e verificar parâmetros de como está o ar respirado por passageiros, motoristas e cobradores durante as viagens, por meio também de análises microbiológicas.

O prazo de validade desta parceria é de seis meses contados a partir da data da assinatura de contrato.

Essa ação em meio a pandemia apesar de não explicada na publicação no Diário Oficial desta quinta-feira, 7 de janeiro de 2021, é claramente parte de outra medida para evitar a transmissão e contágio pelo vírus da Covid-19 no interior dos ônibus.

Outro ponto importante é a idade dos ônibus do transporte da capital, que tem um limite máximo de dez anos, mas que foi prorrogado devido a pandemia.

Além da análise da qualidade do ar dentro dos veículos, existe uma projeção para gradualmente diminuir a emissão de poluentes como gases do efeito estufa na atmosfera.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.