Solicitação poderá ser feita no site da SPTrans e o novo cartão será entregue em casa.

Publicado: 21/09/2020

Ônibus da capital paulista. Foto: Diário dos Trilhos

A SPTrans anunciou na segunda-feira 21 de setembro, a retomada dos pedidos para conceder a estudantes, o  Bilhete Único.

Inicialmente a cota só será liberada aos estudantes de níveis e cursos que tenham autorização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para retomada de aulas presenciais.

Os estudantes do ensino superior que tiverem as aulas presenciais retomadas a partir de 07 de outubro de 2020 e realizarem o pedido, vão receber o cartão em casa. Esta possibilidade é resultado de parceria entre a SPTrans, União Nacional dos Estudantes (UNE) e com a União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (UMES), evitando assim o deslocamento dos beneficiados até um posto de atendimento.

Já para alunos de outros níveis de ensino como o médio e fundamental que também tem direito, devem segundo recomendações fazer o pedido do novo cartão somente após os órgãos de saúde autorizarem o retorno das respectivas aulas.

A Prefeitura de São Paulo com base no último inquérito sorológico ainda não liberou o retorno de aulas presenciais, a não ser de cursos de ensino superior.

O processo de pedido e recebimento do Bilhete Único do Estudante será feito pelo site )http://sptrans.documentodoestudante.com.br), o solicitante deve preencher o cadastro com os dados pessoais e realizar o pagamento de R$ 44 correspondente a valor equivalente de dez tarifas, mais o custo do envio. Depois da confirmação do pagamento e envio das informações, a entrega será feita em até 5 dias úteis.

O pagamento pode ser realizado via boleto bancário ou cartão de crédito. Depois é só enviar um documento de identidade com foto (RG, CNH ou RNE) e  foto também pelo site da SPTrans (http://sptrans.documentodoestudante.com.br), cadastrar o endereço no qual quer receber o cartão e aguardar a liberação dos dados. A SPTrans pede que a foto seja recente e os dados sejam mantidos atualizados.

É importante ressaltar que ao fazer o pedido de um novo cartão, caso o estudante já tiver outro cadastrado, este será automaticamente cancelado, uma vez que não é permitido dois cartões ou mais por pessoa e o saldo que existir neste cartão será transferido para o novo em até 72 horas. O novo cartão deverá ser desbloqueado no site da SPTrans.

Veja abaixo o passo a passo::

A solicitação da 1ª via do Bilhete Único Estudante também pode ser feita pelo site da SPTrans ou nos canais de atendimento on-line. Porém a instituição de ensino do estudante deverá ter enviado os dados de matrícula do aluno. A consulta se a matrícula já foi enviada pode ser feita no site: http://www.sptrans.com.br/estudante.

Após a confirmação dos dados, o boleto é gerado no site da SPTrans e o pagamento pode ser feito na rede bancária ou lotéricas. O valor para revalidação é de sete tarifas básicas vigentes (R$ 30,80).

Não é necessário imprimir o boleto, basta o número do código de barras para fazer o pagamento. Outra opção é o pagamento do valor de revalidação diretamente pelos aplicativos: Ponto Certo, Qiwi, Cittamobi e Banco do Brasil (para quem possuir conta no banco).

Após a compensação bancária, que pode levar até três dias úteis, o cartão é revalidado. Para recarregá-lo, encoste nas máquinas de autoatendimento localizadas nos Postos e estações de Metrô.

7 comentários »

  1. a empresa já desconta 6% do trabalhador na folha de pagamento do trabalhador aí a empresa compra o vale transporte no valor de 251.16a SPTrans desse 22.36 repassar para o trabalhador o valor de 22.80 só que quando vc passa o bilhete no validador de vezes de combra 4.40 está confirmado 4.83 só cobrando esse valor de 4.83 só vai dá para até o dia 27 do mês e aí o trabalhador vai pagar o restante dos dias do boso tem que alguém fasa alguma coisa por os trabalhadores.

    Curtir

  2. É bom saber sobre esses serviços. Talvez seja útil implementar algum software de monitoramento confiável como o bruno espião? Acho que muitos pais ficariam mais confiantes com isso. Principalmente se tiverem filhos menores que viajam em transportes públicos.

    Curtir

  3. Eu paguei a taxa do bilhete unico de estudante igual a todos os anos ,usei apenas um mês e cancelaram a cota por causa da pandemia ,agv temos que pagar de novo ,como assim isso precisa ser repensado

    Curtir

  4. Como assim paga novamente a taxa ? Já paguei a do começo do ano ,e mal usei o cartão ,fora que eu fiz o pedido do passe livre e foi aprovado antes dessa pandemia ,e não consigo ter acesso as informações

    Curtir

  5. Prefeitura metendo a mão no bolso do estudante e roubando na cara dura! Os estudantes já haviam pago a tarifa no início do ano e usufruído do bilhete apenas três meses, quando em março as atividades foram paralisadas. Agora a prefeitura exige pagamento da tarifa novamente? Ainda estamos em 2020, a primeira tarfa ainda deveria estar válida até 31/12. Essa é a gestão do “coitadinho” do Bruno Covas que quer se eleger prefeito.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.