De acordo com informações, o motivo da ação será um protesto contra uma ação da Polícia.

Publicado: 15/08/2020

Pelo menos um ônibus ficou destruído e dois foram apedrejados após protesto violento no bairro Jardim Bonfiglioli, Zona Oeste de São Paulo na noite da sexta-feira, 14 de agosto.

O veículo pertencia a Linha 702C que liga o local até o Metrô Belém. Além dos três veículos que foram alvo dos marginais, um ônibus foi “salvo” com os motoristas retirando ele do ponto onde estava.

Por essa razão, a Polícia Militar foi acionada para conter os ânimos e a Viação Transppass recolheu todos seus veículos para a garagem, para evitar mais vandalismo como aconteceu no bairro do Americanópolis quando vários coletivos ficaram destruídos, com 41 linhas encerrando a operação mais cedo.

Na manhã deste sábado a linha 702C continuava sem circular e não havia informações concretas sobre a origem dos protestos e se alguém foi detido.

O Diário dos Trilhos entrou em contato com a SPTrans, que explicou sobre as 41 linhas suspensas e que apenas a linha afetada continua sem circular.

Veja a nota na íntegra.

“A Prefeitura de São Paulo, por meio da SPTrans, informa que três ônibus foram alvos de vandalismo por volta das 19h de sexta-feira, 14 de agosto.
O veículo 81. 500 que fazia a linha 702C/10 – Jardim Bonfiglioli / Metrô Belém foi incendiado na Av. Otacílio Tomanik na região do Rio Pequeno. Outro coletivo com prefixo 81.522, que fazia a mesma linha, foi depredado e também houve tentativa de incêndio no mesmo local.
Já o veículo da linha 809H/10 Jd Boa Vista – Lapa, prefixo 80.276, foi depredado na Av. José Joaquim Seabra, altura do número 469, também na região do Rio Pequeno.
Por conta dos atos de vandalismo a empresa que presta serviço na região, a partir das 20h, deixou de operar 41 linhas.
Consequentemente, na manhã desde sábado,15 de agosto, a linha 702C/10 – Jardim Bonfiglioli / Metrô Belém está inoperante.
O usuário que precisa se deslocar até uma estação de metro tem como alternativa a linha 778J/10 JD Arpoador – Metrô Barra Funda que circula na Av. Otacílio Tomanik entre os números 1.600 até o número 1.
A SPTrans repudia atos de vandalismo e contata a Polícia Militar em tais circunstâncias.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.