Situação aconteceu na estação de Francisco Morato na noite da sexta (14)

Publicado: 15/08/2020

Homem colocava todos em risco, mas em nenhum momento o reforço da segurança chamado apareceu. Foto: Reprodução

Um homem ameaçou várias pessoas, em especial o seguranças da estação de Francisco Morato da Linha 7-Rubi na noite da sexta-feira, 14 de agosto.

Segundo informações, o agressor seria vendedor de passagem ilegal e queria “cobrar” um dos vigilantes que havia impedido o rapaz de “trabalhar”.

Crédito: Reprodução Redes Sociais

Ele apareceu por volta das 18h20 na estação, ameaçou várias pessoas e os agentes de segurança da CPTM (PFs) foram chamados, porém não atenderam a ocorrência por estar em horário de janta.

Sendo assim a Polícia Militar foi acionada, mas até pelo menos às 19h, quando o agressor com facão já havia ido embora, ninguém apareceu.

Este é mais um claro sinal que os seguranças terceirizados e funcionários da CPTM, não possuem respaldo algum da companhia, precisando muitas vezes fazer mais que suas funções, se expor a riscos sem qualquer garantia de apoio da empresa.

O Diário dos Trilhos entrou em contato com a CPTM, que enviou uma nota explicando na sua visão o ocorrido, que difere do informado por testemunhas e não explicando não atendimento por parte dos PFs e a venda ilegal de passagem.

Veja a nota na íntegra.

“Na noite de ontem (14), um homem tentou entrar na estação Francisco Morato, na Linha 7-Rubi da CPTM, com uma arma branca (facão) e sem o uso de máscara. Ele foi impedido pelos agentes de segurança da estação e iniciou uma discussão. Ao ouvir sirenes da viatura da PM que circulavam pela região, foi embora.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.