Passageiros precisavam trocar de trem em Franco da Rocha e Pirituba no meio do caminho, mas nos canais oficiais a companhia não comunicou o problema.

Publicado: 19/07/2020

Grade de intervalos informada em estações da Linha 7-Rubi, mas não no site ou redes sociais. Foto: Diário da CPTM

No domingo 19 de julho, a CPTM continuou as chamadas “obras de modernização e manutenção programada” o que afetou a circulação das linhas.

No caso da Linha 7-Rubi, passageiros utilizaram as redes sociais para reclamar da demora do serviço, que mais uma vez foi informado em canais oficiais da companhia como “Operação Normal”, mesmo com mais de 30 minutos de intervalo e a obrigatoriedade da troca de trens nas estações Franco da Rocha e Pirituba para seguir viagem.

Mesmo alegando ser “apenas” 32 minutos, passageiros relataram esperar 40 ou mais de 50 minutos por um trem, gerando aglomerações e trens lotados, o que não é recomendado no período de pandemia, inclusive pelo Governador João Dória durante suas coletivas da saúde.

Desde 2019 a CPTM parou de comunicar antecipadamente para a imprensa e passageiros as mudanças na operação do final de semana, optando por exibir a informação de que estaria tudo normal para um final de semana, mas agora no período atual, fica mais evidente que a política adotada de informar por cartazes na estação é insuficiente e que também não condiz com a verdade que o passageiro convide nestes dias de obras.

O Diário dos Trilhos procurou a CPTM, mas até a publicação desta matéria, não houve retorno do contato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.