Publicado: 10/05/2020

Sindicato que representa a categoria afirma que caso os ônibus saiam amanhã sem cobrador, haverá paralisação já a meia noite.

O SindMotoristas que representa os trabalhadores no transporte coletivo da cidade de São Paulo, divulgaram neste sábado uma nota comunicando a possibilidade de greve nesta segunda-feira, 11 de maio.

Segundo a entidade, amanhã os 1 mil ônibus que vão reforçar a frota do transporte na cidade, podem circular sem cobradores e isto sobrecarrega os motoristas. O sindicato afirma caso isto acontecer, a partir da zero hora do dia 11 os ônibus serão impedidos de sair da garagem.

“Sem cobrador nenhum ônibus vai sair da garagem”. disse Valdevan Noventa, Presidente do SindMotoristas

A Prefeitura da cidade de São Paulo anunciou na ultima sexta-feira o retorno do rodízio e reforço da frota com mais 1 mil ônibus e outros 600 na reserva para atender o aumento da demanda.

O SindMotoristas alega que é um movimento de resistência da categoria contra a resolução do Prefeito Bruno Covas em ampliar a frota da circulação de coletivos, sem a presença de cobradores.

Veja a nota abaixo na íntegra:

“O Sindmotoristas chama atenção de todos os diretores, militantes e trabalhadores para uma ação em todas as garagens de ônibus na próxima segunda-feira (11).

Trata-se de um movimento de resistência da categoria à resolução do prefeito Bruno Covas de ampliar a frota em circulação, colocando mais mil ônibus nas ruas, porém, sem a presença dos cobradores.

O sindicato que, desde o início da pandemia do coronavírus, encontra-se na linha de frente da batalha pela vida e pelo emprego dos condutores, considera isso uma afronta por parte do Poder Público.

Por isso, a decisão já foi tomada. O deputado federal e presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa, fez chegar aos patrões e à Prefeitura a posição da categoria. “Sem cobrador nenhum ônibus vai sair da garagem”.

O secretário de Cultura da entidade, Valmir Santana da Paz (Sorriso), já convocou toda a diretoria e os delegados sindicais para que, a partir da zero hora do próximo dia 11, façam junto com os trabalhadores a defesa do emprego dos cobradores.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.