Passagem foi retirada em 2018 com a promessa de restauro, mas segue em meio ao mato, sem ação da CPTM para resolver a questão.

Retirada em 2018 o metal está se deteriorando e piorando a cada dia, mesmo com a promessa de restauro. Foto: Diário da CPTM

A Passarela histórica da estação de Rio Grande da Serra segue sem previsão para ser restaurada. No ano passado denunciamos o descaso por parte da CPTM que havia feito a promessa de zelar e cuidar por este patrimônio da história do país, mas seguindo a regra, a história do país vai se perdendo e sendo apagada pelo descaso de governantes e empresas.

Durante uma entrevista na Rádio ABC nesta segunda-feira (03) do Presidente da CPTM, Pedro Moro, nós do Diário enviamos uma pergunta ao vivo, sobre a passarela e a resposta surpreendeu de forma negativa, uma vez que após dois anos, nada foi feito.

“Estamos verificando as condições da passarela para saber se o restauro consegue deixá-la em condições de ser usada novamente. Tem uma equipe nossa da área de manutenção da CPTM que está desde o mês passado fazendo uma checagem para saber se é possível fazer o restauro da passarela e voltar a utilizar. Se for possível vamos colocar e se não for, vamos fazer outra alternativa”, disse Pedro Moro (frase retirada de texto do site Diário do Transporte, que entrevistou o gestor da companhia)

Moro também mencionou que obras de acessibilidade foram realizadas na estação, com rampas para cadeirantes e outras ações como instalação de piso tátil.

A estação de Rio Grande da Serra é centenária e a passarela era um meio que permitia a travessia segura, sem a necessidade de passar pelos trilhos em meio a carros, ônibus e trens como é feita atualmente. A restauração não é apenas uma questão de preservar, mas sim respeitar e cuidar de parte de algo que leva a história de uma cidade e população, mas que a CPTM vem deixando de lado, não por questões de valor, mas falta de comprometimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.