diariodostrilhos@gmail.com

Mais uma vez: vigilante é agredido em estação da Linha 7-Rubi

O agressor que é vendedor ambulante, foi detido.

Foto: Reprodução

Um vigilante da empresa Gocil que atua na vigilância patrimonial da CPTM foi agredido por um vendedor ambulante na estação Caieiras da Linha 7-Rubi. O caso foi no último dia 8/12, mas só agora veio a público.

Segundo informações o vendedor teve a sua mercadoria apreendida por uma dupla de vigilantes na estação. Nervoso pela situação o ambulante foi retirado das dependências da estação, quando passou a arremessar pedras, danificando alguns vidros e na sequência fugindo do local. Pouco tempo depois ele retornou e ficou na PN (Passagem de Nível) por onde passam os trens. O vigilante que terá sua identidade preservada, havia retornado de uma patrulha pela via e não sabia do ambulante e a apreensão, vindo avisar para ele sair do local pois a cancela havia sido baixada e o trem estava chegando. Aproveitando um momento de distração o camelo desferiu um soco no vigilante que acabou se machucando no nariz e olho esquerdo.

O agressor foi contido por outros seguranças e a Guarda Municipal foi chamada. Na delegacia foi elaborado um boletim de ocorrência por lesão corporal mediante agressão e dano ao patrimônio.

Procurada para de manifestar sobre o ocorrido, a CPTM não retornou nosso contato.

Um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: