Estacões precisaram ser esvaziadas para ser fechadas e o sistema PAESE com ônibus foi acionado.

Estação da Luz da linha 4 teve seu acesso fechado: Foto: Diário da CPTM

O retorno do trabalhador não foi fácil nesta terça-feira, em especial para quem utilizou os trens da Linha 4-Amarela que chegou a ficar por mais de duas horas com parte da linha sem operação, devido uma falha no sistema elétrico. As linhas 1-Azul e 2-Verde também foram afetadas.

O problema começou pouco após ás 18h50 quando em redes sociais começaram a aparecer muitas reclamações de lentidão dos trens da linha. Às 18h56 a circulação foi interrompida em toda a linha (entre as estações Luz e São Paulo-Morumbi), um cenário que mudou somente às 19h27 quando o trecho entre São Paulo-Morumbi e Fradique Coutinho for reparado e a circulação retomada. O sistema PAESE com ônibus gratuito atendia o trecho entre Fradique Coutinho e Luz até pouco antes das 21h, quando a circulação em fim voltava ao normal.

Nas redes sociais vídeos e fotos mostram o momento em que após mais de 30 minutos dentro do trem sem ar condicionado e trancado, passageiros abriram as portas e caminharam até a estação pela passarela de emergência.

Créditos ao autor

Em outro momento, passageiros cantaram a musica “Evidencias” de Chitãozinho e Xororó, para acalmar algumas pessoas que estavam passando mal e com medo do momento. Veja abaixo:

A empresa ViaQuatro, concessionária responsável pela operação da linha 4, publicou em seu site uma declaração da ocorrência que nela informa:

“A ViaQuatro – concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo, informa que houve uma falha no sistema elétrico e os trens prestaram serviço entre as estações São Paulo – Morumbi e Fradique Coutinho. O sistema Paese (Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência) foi acionado para atender o percurso da estação Fradique Coutinho à Estação Luz. A ocorrência teve início às 18h56 e foi normalizada às 20h50. Como o sistema funciona em carrossel, os reflexos na operação ainda perduraram por mais alguns minutos, de forma a manter o intervalo entre trens padronizado.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.