Atualizado em: 02/12/2019 às 19h27

O caso aconteceu dentro de um trem do Metrô no último sábado e foi relatado pela vítima em uma rede social.

Foto: Reprodução Twitter/arquivo pessoal

Uma mulher foi vítima de abuso por parte de outro passageiro dentro de um trem do Metrô no último sábado dia 30. A vítima publicou em uma rede social o relato com imagens de seus pertences sujos e do preservativo que foi encontrado dentro de sua bolsa. Ao descrever o que aconteceu, ela fala sobre ter notado somente ao descer do trem, quando percebeu uma camisinha usada dentro da bolsa que já havia sujado sua blusa, caderno de estudos e outros pertences. Pelo fato da bolsa ser aberta do lado, o abusador aproveitou e colocou o item dentro sem ser notado.

“Nenhum homem JAMAIS vai entender como é ser mulher nesse mundo machista. Ter medo de abuso dentro do metrô, ter suas roupas SUJAS de esperma. NOJO” cita a vítima em uma das publicações.

Imagem do caderno que ficou sujo devido ao preservativo. Foto: reprodução Twitter/arquivo pessoal

O Metrô respondeu a publicação com as fotos questionando se a situação foi comunicada para um funcionário e horário e estação em que tudo aconteceu. Veja o relato publicado, inclusive com a resposta da companhia:

Respondendo o contato realizado pelo nosso site, o Metrô enviou a seguinte nota abaixo:

“O Metrô não foi notificado e nenhum de seus funcionários foi comunicado sobre esta ocorrência. A Companhia está à disposição para colaborar com a investigação e reforça a importância de que os passageiros avisem aos funcionários das estações sobre situações e comportamentos inadequados nas dependências do Metrô, para as providências necessárias. A empresa mantém agentes de segurança em todas as estações, realizando rondas constantes em toda a rede. As pessoas também podem denunciar alguma anormalidade pelo SMS Denúncia (97333-2252) ou pelo aplicativo de celular Metrô Conecta, que garantem total anonimato aos denunciantes.”

Até o fechamento desta matéria, o agressor ainda não havia sido identificado.

2 comentários »

  1. E como ela tem tanta certeza de que foi um homem? Mulher também consegue andar com uma camisinha na mãe e fazer bastante coisa errada com isso.
    Claro que as chances de isso ter sido feito por um homem são muito maiores, mas não dá pra descartar uma molecagem feita por uma mulher também.

    Curtir

  2. Nunca será identificado.
    Não adianta tentar denunciar, existe pessoas coniventes e que nos coagem porque não viram nada.
    Espere ai! Foi a vítima que sentiu, que foi abusada, coagida e invadida.
    Homens se calam diante dessas situações, muitas mulheres apenas olham atônitas e ninguem ajuda, ninguém faz nada, absolutamente nada.
    Chegam a olhar condenando nós as vitimas desses lixos que circulam na CPTM.
    A CPTM precisa tomar medidas de imagens mais rigorosas para nos ajudar.
    Voces não sabem como somos coagidas por todos, quando isso acontece.
    Acorda cptm.
    coloquem um policial em cada vagão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.