Entre os meses de Janeiro a Junho deste ano a companhia realizou mais de 35 mil apreensões nos trens e estações.

Por Willian Moreira

Bebidas, doces e salgados são os produtos mais vendidos. Foto: Diário da CPTM

A CPTM em seis meses superou a marca de 1 milhão de itens apreendidos de vendedores ambulantes nos trens e estações das sete linhas da companhia. O relatório obtido pelo Diário dos Trilhos mostra um número crescente de repressão ao comércio, em relação aos anos anteriores.  Entre os meses de Janeiro a Junho de 2019, 35.969 apreensões foram realizadas, com um total de 1.133.573 de itens apreendidos.  A Linha 7-Rubi lidera o ranking ultrapassado 300 mil itens retidos pela fiscalização e a Linha 13-Jade é a linha com menos casos do tipo.

A variedade de mercadorias é grande no comércio dentro dos trens. Foto: Diário da CPTM

Segundo a CPTM, o comércio é ilegal nos trens e estações e por isto realiza rondas para coibir os ambulantes, apreendendo mercadorias quando flagrada a venda de produtos e conta com o passageiro para denunciar qualquer ação ilegal e que também não incentivem a prática, comprando os produtos comercializados. Atualmente nos trens é possível encontrar desde bebidas como cerveja, água e refrigerantes, alimentos como salgadinhos e chocolates, e também produtos inusitados como tira manchas de roupas e ralador de legumes.

Aos trens com carros contínuos ajudam os vendedores a circular de forma mais rápida pelos trens, atendendo um numero maior de pessoas e por isto as linhas 7-Rubi e 8-Diamante lideram como as linhas que possuem maior concentração de vendedores e variedade de produtos como demonstrado na tabela abaixo:

LINHA APREENSÕES TOTAL DE MERCADORIAS RETIDAS
7-Rubi 10104 316751
8-Diamante 8127 262795
12-Safira 7953 241345
11-Coral 4642 140802
9-Esmeralda 2743 98943
10-Turquesa 1933 58906
13-Jade 467 14034

Em relação aos anos anteriores, o número vem crescendo de ações e o sucesso na apreensão das mercadorias. No ano de 2018 pouco mais de 50 mil ações foram realizadas e em apenas 6 meses de 2019 o número é quase 36 mil, perto da marca total do ano passado. Abaixo temos o número anual de mercadorias retidas por ações da CPTM:

ANO APREENSÕES TOTAL DE ITENS RETIDOS
2019 (em seis meses) 35.969 1.113.576
2018 50.839 2.031.651
2017 49.235 1.773.217
2016 46.276 1.685.458

Um grande fator que contribui para o sucesso das vendas de alimentos, é a falta de lanchonetes nas estações, já que somente as estações de maior fluxo tem quiosques, além do preço melhor praticado pelos vendedores. Uma alternativa seria a retomada do programa Bom Lanche, que no final dos anos 90 foi um sucesso. O programa consistia em quiosques nas estações, muitas vezes na própria plataforma, que vendia por um preço bem barato um suco e um pão com frios, além de atrativo e saudável ajudou a diminuir os casos de pessoas passando mal na parte da manhã, muitas vezes por falta de ter se alimentado antes de embarcar nos trens.

A companhia ainda completa que segundo pesquisa mais de 90% dos entrevistados não gostam do comércio ambulante e por isto a CPTM pede para que denunciem via SMS Denúncia 97150-4949 ou por Whatsapp 99767-7030.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.