Político sai do cargo para se dedicar a sua campanha para o Senado Federal no próximo ano.

Publicado: 18/10/2021

Alexandre Baldy no centro da imagem durante agenda em São Caetano na Linha 10. Foto: Diário dos Trilhos

Alexandre Baldy, presidente do PP (Partido Progressista) de Goiás, pediu demissão na manhã desta segunda-feira, 18 de outubro de 2021, do seu cargo de secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo na gestão de João Doria.

Baldy se reuniu com o governador e outros secretários quando entregou a sua carta de desligamento do posto.

O ex-secretário irá se dedicar a sua campanha para disputar o Senado Federal em 2022.

Durante a sua gestão entre as principais realizações, houve a criação do aplicativo TOP, encerramento da comercialização dos bilhetes de papel, substituídos por QR Code, a concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, compra de novos trens para a Linha 13-Jade e retomada das obras da Linha 2-Verde até a Penha e a construção da Linha 6-Laranja.

Quem assume a secretaria de transportes será o atual secretário-executivo, Paulo Galli.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.