A concorrência internacional conhecerá seu vencedor conhecido em 02 de março do próximo ano.

Publicado: 02/12/2020

Estação Santo Amaro da Linha 9-Esmeralda. Foto: Diário dos Trilhos

O Governo do Estado de São Paulo publicou na terça-feira, 1 de dezembro de 2020, o edital para a concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM para a iniciativa privada.

A abertura dos envelopes com as propostas tanto de grupos nacionais como internacionais, será feita em 02 de março de 2021.

A expectativa do Governo é de que o novo concessionário realize investimentos de R$ 3,2 bilhões nas linhas entre os anos de 2021 e 2028, este que terá 30 anos de concessão.

“A concessão trará um benefício enorme para os passageiros que usam diariamente essas linhas, uma vez que a iniciativa privada terá como compromisso promover a modernização das estações, realizando importantes obras de acessibilidade e também para aumentar a capacidade das linhas”, afirmou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

A CPTM arrecadará no mínimo com a outorga o valor de R$ 303 milhões e caberá também ao vencedor detalhar o projeto de investimentos previstos no sistema recebido que vão permitir a modernização dos sistema de sinalização e telecomunicações e o aprimoramento nos sistemas de energia, tornando possível operar com trens mais linhas, reduzindo assim o intervalo.

O edital prevê ainda a possibilidade de expansão do serviço concedido como prolongamento das Linhas nas Regiões Metropolitanas de São Paulo e de Sorocaba.

O novo operador terá também que comprar 34 novos trens para as duas linhas, e assim devolver outros 34 de volta para a CPTM que irá remanejar estes para as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira, conforme dito pelo secretário Alexandre Baldy,  em coletiva de imprensa no mês de novembro.

“Nós publicaremos o edital da licitação das Linhas 8 e 9… e nós incluiremos a aquisição de 34 novos trens para que o vencedor possa colocar esses 34 trens na operação das Linhas 8 e 9 para as demais linhas, 10, 11 e 12, para que a gente possa então possuir trens modernos, uma frota maior e ter um serviço de maior qualidade para o cidadão que utiliza a CPTM no dia a dia.”

Inicialmente no ato da concessão no próximo ano, as duas linhas somadas contarão com 61 trens divididos nas seguintes frotas.

– 40 trens da Série 7000;
– 08 trens da Série 7500;
– 07 trens da Série 8500 (atualmente na Linha 11-Coral);
– 06 trens da Série 5400 (operam atualmente entre Itapevi e Amador Bueno, cada composição com quatro carros).

A transferência temporária de alguns trens se deve ao fato de todos os trens da Série 8000 serem parte de uma PPP (Parceira Público Privada), impedindo seu uso pela nova concessionária.

Em até 30 meses os 34 novos trens deverão ter sido já comprados e entregues, já que é o prazo limite para a devolução para a CPTM de sete 8500, oito 7500 e 19 7000, que reafirmando o mencionado acima, servirão linhas da companhia que permanecem sob administração do Estado.

As obras em andamento da expansão da Linha 9-Esmeralda com a construção das estações Mendes-Vila Natal, Varginha e João Dias não sofrem alterações, sendo concluídas e entregue para o uso conforme prazos definidos.

As estações das linhas concedidas poderão ter os espaços comerciais explorados pela administradora, como forma de obter receitas além da tarifária.

Quando for assinado o contrato, a CPTM transferirá sua administração das linhas de forma gradual e por etapas em até 150 dias corridos, e um plano de demissão voluntária de funcionários que não devem ser em sua totalidade, absorvidos para as outras linhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.