Publicado: 18/05/2020

As datas serviriam para aumentar o isolamento social e evitar assim o lockdown. As datas seriam antecipadas em feriados municipais e estadual.

Foto: Diário dos Trilhos

Em coletiva de imprensa sobre o coronavírus na tarde desta segunda-feira, 18 de maio, o Prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, comunicou a antecipação de dois feriados municipais, para essa semana de maio.

De acordo com o Prefeito, os feriados de Corpos Christi e Dia da Consciência Negra caso aprovados pela Câmara Municipal aprove o pedido, na próxima quarta e quinta-feira (dias 20 e 21) serão feriados, com o dia 22 de maio, ponto facultativo.

Também será pedido pelo Governador João Dória a Assembléia Legislativa de São Paulo (ALESP), que o feriado de “Nove de Julho” seja antecipado para a próxima segunda-feira, 25 de maio. Haverá também a recomendação que os demais municípios do Estado adotem a antecipação de seus feriados municipais para os dias 26 e 27 de maio, aumentando os dias de feriados.

“Quanto maior o isolamento social, maior a chance de superarmos a pandemia. O menor isolamento prejudica o conjunto de decisões do governo para a ativação econômica e na sua recuperação.” Disse João Dória

Pela estimativa tanto da Prefeitura como do  Governo, o calendário nos próximos dias ficará da seguinte maneira CASO FOR APROVADO pelos parlamentares (vereadores e deputados), mas deverá dado o momento de pandemia. Vejam as datas abaixo em relação ao mês de maio.

Dia 19 (terça-feira) – Dia normal;
Dia 20 (quarta-feira) – Feriado (cidade de São Paulo);
Dia 21 (quinta-feira) – Feriado (cidade de São Paulo);
Dia 22 (sexta-feira) – Ponto facultativo na cidade de São Paulo;
Dia 23 (sábado) – Dia normal, mas emenda de feriado;
Dia 24 (domingo) – Dia normal, mas emenda de feriado;
Dia 25 (segunda-feira) – Feriado Estadual (todos municípios);
Dia 26 (terça-feira) – Feriado em todas cidades, exceto São Paulo;
Dia 27 (quarta-feira) – Feriado em todas cidades, exceto São Paulo.

Sábados e domingo são atualmente os dias em que os índices de isolamento tem atingido os maiores números.

Já os dias 26 e 27 dependem da aprovação do poder público de cada município, que vão decidir de forma separada, a recomendação do Governo do Estado, mas o pedido em especial vai para as 39 cidades da Região Metropolitana de São Paulo, e assim ajudem a capital, epicentro do vírus no Brasil, a qual segundo Bruno Covas, não tem a possibilidade de sozinha, implantar um lockdown, já que muitas ruas começam em São Paulo e terminam nos municípios vizinhos, sendo estes uns “grudados” aos outros.

O isolamento social no Estado de São Paulo atingiu neste domingo (17), 54% e na capital paulista o índice foi de 56%.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.