Disponibilizado para higiene pessoal dos funcionários, muitos frascos recebidos apresentam validade no ano de 2019, sendo impróprio para uso.

Álcool em gel recebido por funcionários da CPTM, vencido em 11/2019. Foto: Arquivo pessoal

Por Márcia Martins e Willian Moreira

Funcionários da CPTM e Metrô relatam ter recebido da companhia, álcool em gel vencido para limpeza de suas mãos. Imagens mostram fracos com validade vencida desde novembro de 2019, pelo menos cinco meses após o prazo para uso.

Usuários do transporte público e funcionários são um grupo em potencial para a contaminação com o vírus Covid-19; porém a falta de equipamentos para proteção pessoal, materiais de higiene e álcool em gel vencido colaboram para a propagação do vírus.

Na semana passada foi anunciado medidas tanto para os trens e estações como maior ação de higienização e para os funcionários como luvas para os que trabalham nas bilheterias e o afastamento de funcionários idosos no grupo de risco, porém existe uma diferença na informação, quando o decreto 64.864 do dia 16 de março cita 60 anos e as companhias dizem que o afastamento é somente para quem tem 70 anos ou mais.

Frasco de álcool recebido por metroviário também vencido. Foto: Arquivo pessoal

Até o momento nenhum funcionário ainda foi afastado segundo informações do Sindicato e no caso do álcool vencido no Metrô, a substituição já foi iniciada.

Procurados pelo Diário, tanto a CPTM como o Metrô não se manifestaram sobre o problema relatado na matéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.