Problema de falta de moedas é encontrado em várias estações, que acabam baixando o valor cobrado na bilheteria.

Bilheteria da estação São Bento com o aviso de valor alterado. Foto: Diário dos Trilhos

Após no aumento das passagens do transporte no dia 1° de janeiro, no caso do Metrô a falta de moedas para voltar de troco, fez com que a companhia adotasse na última semana, a alteração do valor cobrado no passe unitário em venda nas bilheterias de estações da Linha 1-Azul e 3-Vermelha.

A equipe percorreu estações da Linha 1-Azul e pelo menos em 3 o valor era abaixo dos atuais R$ 4,40. Na Luz e São Bento o preço é R$ 4, e no Tucuruvi o valor é de R$ 4,25 inclusive com uma bilheteria expressa em horários de maior movimento, para quem tiver o valor exato da passagem cobrada.

O problema não é novo e de certa forma ajuda o trabalhador que já paga um preço caro pela passagem, de poder comprar em menor valor. Ano passado quando a tarifa era 4,30 reais, também a falta de troco acontecia.

Não há um motivo claro, mas pode ser o fato de ser “valor quebrado” o que demanda mais moedas em circulação e uso.

1 comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.