Segundo o jornalista Kennedy Alencar em seu programa na Rádio CBN, a gestão do Governador João Dória, teme manifestações violentas como as que ocorrem no Chile.

Foto: Diário dos Trilhos

Chegando o final do ano as discussões sobre o preço da passagem de ônibus, trem e Metrô entram em discussão tanto no Governo do Estado, como na Prefeitura de São Paulo e outras cidades. Entretanto segundo informou o jornalista Kennedy Alencar na última quinta-feira (14), o Governador João Dória realizou uma reunião com a diretoria do Metrô buscando um novo valor da passagem, para assim obter mais capital para melhorar as contas da empresa estatal, entregando os protestos recentes no Chile fizeram a decisão ser outra, de não aumentar o preço, deixando no valor atual de R$ 4,30 o bilhete unitário do Metrô.

Não só a questão do Chile é um motivo, mas por se ano de eleições municipais e pelo menos em São Paulo, as cidades da região metropolitana acompanharem a capital, quando se trata de reajustes, é provável que o Prefeito Bruno Covas venha a decidir nas próximas semanas sobre este tema, com a possibilidade de também não haver reajuste.

O Governo não confirmou a Radio CBN a informação, mas também não a desmentiu. Como a CPTM sempre acompanha o Metrô nas mudanças de valores, a tendência é de uma decisão no impactar diretamente na outra companhia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.