A projeção do Governo do Estado é ainda neste semestre realizar a audiência pública.

A Linha 9-Esmeralda que corta a cidade ao lado do Rio Pinheiros, está no projeto de concessão do Governo. Foto: Rede Noticiando

O Governo do Estado vem “preparando o terreno” para iniciar o processo de concessão de duas linhas da CPTM, 8-Diamante e 9-Esmeralda. Nesta terça (20) foi publicado um edital para contratação de uma empresa de consultoria e avaliar clausulas de editais referente as duas linhas.

Isto é um indicativo que a gestão de João Dória está dando continuidade aos projetos de privatização. No começo de agosto, a viagem de uma comitiva do Governo do Estado para a China (Missão China), buscou contatos, reuniões e investimentos para o estado e o sistema sobre trilhos também foi alvo, com grande empresa chinesa se interessando por projetos como o Trem Intercidades, Linha 6-Laranja e na CPTM. Ainda neste ano, a expectativa é conceder duas linhas da CPTM para a iniciativa privada, ou iniciar os tramites de todos o processo. A Linha 8-Diamante liga o centro de São Paulo até a cidade de Itapevi, e a Linha 9-Esmeralda, sai de Osasco e atualmente leva até o Grajaú.

Reprodução Diário Oficial do Estado de São Paulo

Segundo um slide de apresentação do governo que vazou no começo do ano, que apesar de não ter sua veracidade confirmada pela Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM), até o momento tudo que contem nele, tem se mostrando fiel ao que vem acontecendo.

A projeção do documento prevê uma Parceria Público Privada (PPP) com tempo de concessão a iniciativa privada de 30 anos e investimento de R$ 3 Bilhões pela empresa dentro deste período, em melhorias nos equipamentos de via, manutenção e modernização dos sistemas de energia e controle dos trens. A demanda futura da Linha 9 passará de 611 mil pessoas com as duas novas estações que estão em construção após o Grajaú.

Imagem retirada da apresentação vazada do governo do Estado.

A apresentação do governo também menciona as melhorias aos passageiros, dentre elas a redução do tempo de viagem, maior confiabilidade no serviço prestado, melhorias na acessibilidade das estações e maior segurança. A linha 8 tem a extensão de 41 km de trilhos e a linha 9 36 km com as duas juntas transportando aproximadamente  1,1 milhão de pessoas por dia.

“As linhas 8 e 9 devem ser as primeiras a ser concedidas e temos a previsão da audiência pública acontecer ainda neste semestre. A linha 7 terá sua concessão atrelada a licitação do Trem Intercidades.” disse Pedro Moro, presidente da CPTM em uma entrevista na manhã desta segunda (19).

O presidente da CPTM também falou sobre as obras de expansão  da Linha 9-Esmeralda com as estações Mendes e Varginha que mantém o seu cronograma atual para a entrega prevista no ano de 2021. Na semana passada, Moro visitou as obras para acompanhar o andamento da construção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.