De acordo com as investigações iniciais, a empresa seria utilizada para lavagem de dinheiro do crime organizado.

Publicado: 03/06/2022

Foto: Diário dos Trilhos

A Polícia Civil realizou nesta quinta-feira, 2 de junho de 2022, uma operação policial que teve como alvo, pessoas ligadas à uma empresa de ônibus da cidade de São Paulo, apreendendo computadores, celulares, dinheiro e armas.

Segundo a polícia, a empresa UPBus seria usada por laranjas para lavar dinheiro do crime organizado e teria entrado na mira da investigação depois do assassinato de um dos líderes de facção criminosa, o chamado, Cara Preta.

O diretor do DENARC (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico), Genésio Léo Junior, disse em coletiva de imprensa que este grupo criminoso utilizava destes laranjas também para a compra de armas de fogo, já que elas não possuem histórico criminal e conseguem de maneira legalizada, adquirir as armas.

“Eu tenho passagem pela polícia, mas meu irmão não tem, meu cunhado não tem. Ele vai e tira o CAC de atirador, de colecionador, retira essas armas de forma legal, mas não necessariamente o meu irmão faz uso. Eu posso fazer uso”, explicou.

A empresa de ônibus seria onde a maior parte da operação de “aquecer” o dinheiro era realizada, já que por ser sociedade anônima era difícil saber quem eram os donos, mas a polícia conseguiu constatar que após uma pessoa conhecida como “Django” colocar dinheiro sujo em apostas nas loterias da Caixa e ter ganho pelo menos R$ 40 milhões, ampliaram o capital da empresa de transporte que atua em linhas da Zona Leste da capital.

Os acionistas da empresa eram em maioria pessoas que não tinham compatibilidade financeira com essa função, sendo cozinheiros, mecânicos ou borracheiros, obtendo um  ganho bem inferior ao investido na empresa.

Na operação, 62 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, com R$ 55 mil em dinheiro, celulares, notebooks, seis pistolas, dois revólveres, uma carabina SMT 40 e um fuzil T4 sendo apreendidos.

Para a imprensa, a SPTrans informou que a UPBus é uma prestadora de serviço do transporte público, após ter vencido licitação do setor.

Já a UPBus não se manifestou publicamente sobre o ocorrido.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – 
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.