Os demais passageiros se revoltaram com o ato e a Polícia Militar precisou ser acionada para conduzir a suspeita até a delegacia.

Publicado: 02/05/2022 – às 23h42

Momento em que a suspeita (vestido vermelho e pano vinho na cabeça) era retirada por PMs da estação. Foto: Reprodução Twitter

Um tumulto foi registrado na estação Ana Rosa do Metrô de São Paulo no começo da noite desta segunda-feira, 2 de maio de 2022. O motivo foi uma discussão entre duas mulheres seguida de uma acusação de racismo.

De acordo com relato nas redes sociais, uma mulher branca reclamou quando uma mulher negra esbarrou nela, proferindo ofensas como “pretos passam doença”. Já outro relato diz que tudo aconteceu dentro de um dos trens da Linha 1-Azul, com a vítima sendo ofendida pelo tipo de seu cabelo.

Outros passageiros que estavam próximos se revoltaram com a situação e a discussão entre duas pessoas aumentou de proporção, precisando do reforço no quadro de agentes de segurança do Metrô,  que conduziram a acusada para uma das salas operacionais do local.

Dezenas de pessoas se aglomeraram em volta e começaram a filmar tudo que acontecia e gritar “racista, racista” contra a suspeita.

A Polícia Militar foi acionada para conter os ânimos, reforçar a segurança e retirar a vítima e acusada do local. Como pode ser visto nos vídeos abaixo, ela saiu com o rosto coberto.

Testemunhas e outros passageiros se aglomeraram em frente a sala onde a suspeita ficou aguardando a chegada a PM. Foto: @d4ark_potato / Reprodução Twitter

Em nota o Metrô confirmou o fato, afirmando que houve um desentendimento e acusação de injuria racial, sendo as partes envolvidas encaminhadas para a delegacia.

“Por volta das 18h, duas passageiras se desentenderam e uma delas foi acusada de injúria racial. Os agentes de segurança do Metrô atuaram na proteção das partes. A PM foi acionada e as encaminharam para a delegacia.”

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/


Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

2 comentários »

  1. Eu não acredito que tenha sido uma questão racial, fica muito cômodo o metrô afirmar que foi um caso de injuria, eu ja passei por um caso muito parecido e sem esse cunho de questão racial, os bancos onde estavam sentadas as duas mulheres facilitam o desentendimento por uma das partes. A pessoa se senta um pouco mais a vontade projetando a cabeça para trás é o suficiente pra incomodar outra pessoa. Uma moça certa vez sentou se em um ferro proximo a porta, e ficou com a nadegana altura do meu rosto, detalhe ela era grande e sentou se bem a vontade .. encurralando meu rosto com as nadegas, nao tive a menor dúvida, cutuquei a nadega dela e expliquei que estava incomodando, ela ficou brava e eu fiquei livre da bundona.. coisas mal pensadas no metro no ônibus.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.