Durante os 30 anos de concessão deverão ser feitas diversas melhorias e não está prevista a criação de novas praças de pedágio.

Publicado: 29/10/2021

Foto: Diário dos Trilhos

O Governo Federal por meio da B³ realizou na tarde desta sexta-feira, 29 de outubro de 2021, o leilão de concessão das rodovias Presidente Dutra e Rio-Santos, com a CCR saindo como vencedora.

Foi levado em conta para determinar o vencedor, o maior valor de outorga, ou seja, valor pago diretamente e a melhor oferta de desconto na tarifa base dos pedágios, sendo que foi ofertada pelo grupo uma outorga de R$ 1.770.000.000,00 e desconto de 15,31% no preço base dos pedágios.

Com contrato de 30 anos, a CCR vai poder explorar as duas vias de importante ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro, devendo realizar neste período mais de R$ 14 bilhões me investimentos para a melhoria da infraestrutura das rodovias, sendo que R$ 1,5 bilhão se concentram somente no trecho que passa pela cidade de Guarulhos.

Na segunda maior cidade do estado de São Paulo, devem ser feitas obras para redução dos gargalos no transito, melhoria do asfalto e melhorias nos acessos ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Outro investimento de aproximadamente R$ 1,2 bilhão será aplicado na Serra das Araras, construindo uma nova pista e permitindo o uso de quatro faixas em cada sentido.

Na Dutra está prevista a manutenção dos atuais dez pedágios no mesmo local e a não criação de outros pontos. Entretanto uma cobrança diferenciada deve ser empregada, com valores diferentes na circulação em pista simples e em pista dupla.

As motocicletas assim como lei recente aprovada pela gestão de Jair Bolsonaro, não vão pagar o pedágio, estando isentos.

Para os demais motoristas será aplicado o desconto progressivo de uso que consiste em descontos no preço pago nos pedágios de acordo com a frequência que estes condutores utilizam a via, no caso de quem optar pelo pagamento em sistema automático.

Serão 600 quilômetros de faixas adicionais, 80 quilômetros de vias a serem duplicadas, instalação de 128 passarelas, iluminação de LED, pontos de Wi-Fi e quatro pontos para descanso dos caminhoneiros.

A Serra das Araras deve ser implantada até o 7º ano da concessão, com 16,2 km de extensão e quatro faixas de trânsito.

O Grupo CCR continuará administrando a Rodovia Dutra, mas acrescenta agora a Rodovia Rio-Santos ao seu domínio, que já inclui a Rodovia Castello Branco, o RodoAnel, o sistema Anhanguera-Bandeirantes, as linhas 4-Amarela, 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô e as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda do sistema de trens.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.