Companhia suspendeu a emissão desde o começo da pandemia em março.

Publicado: 26/08/2020

A CPTM pretende no começo do mês de setembro, retomar a emissão do bilhete do desempregado na estação Palmeiras-Barra Funda, suspenso desde o mês de março devido a pandemia.

Segundo a companhia, o serviço foi interrompido devido a redução do quadro de funcionários e para preservar a saúde dos passageiros e funcionários. A interrupção deste importante serviço foi feito sem qualquer comunicado antecipado.

O Diário dos Trilhos obteve informações antecipadas e apuradas, de que a CPTM tinha e iria passar a aceitar o passe do Metrô, mas voltou atrás um dia antes da medida entregar em validade, negando ao site qualquer notícia sobre isto.

A CPTM disse ainda que está preparando as medidas e cuidados sanitários para voltar a atender as solicitações deste tipo de cartão especial, porém não explicou se este tempo do posto fechado, será levado em conta aos solicitantes, já que uma das regras é o prazo máximo de seis meses em situação de desemprego.

O Metrô segue emitindo os bilhetes, mas atendendo em horário reduzido das 10h às 14h na estação Marechal Deodoro da Linha 3-Vermelha. Vale ressaltar que o bilhete do desempregado do Metrô é valido apenas para estações da companhia.

Para pedir é necessário comparecer no local com RG, CPF, Carteira de Trabalho e o Termo de Rescisão de contrato de trabalho, precisando estar no mínimo 30 dias e no máximo 6 meses desempregado, sendo demitido sem justa causa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.