Publicado: 29/04/2020

Anuncio foi realizado pelo governador João Dória durante coletiva no começo da tarde desta quarta-feira e vale também para os ônibus intermunicipais da EMTU.

O uso de máscaras de proteção facial no transporte público em todo o Estado de São Paulo passa a ser obrigatório a partir do dia 04 de maio, próxima segunda-feira.

A informação foi passada pelo Governador de São Paulo, João Dória durante coletiva de imprensa no começo da tarde desta quarta-feira, 29 de abril.

A medida valerá para os ônibus da capital paulista, cidade que segue a determinação do Estado, CPTM, Metrô, ônibus intermunicipais da EMTU, táxis e carros de corrida por aplicativo (99, Uber, Cabify e derivados).

Todas as empresas serão orientadas a impedir o embarque do passageiro caso não estiver usando máscaras que pode ser as descartáveis ou de tecido, como as confeccionadas de maneira artesanal. Se houver o descumprimento da medida, seja empresa pública ou privada, esta empresa será multada pelo governo estadual.

Durante a coletiva o Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, ressaltou a importância desta medida que se mostrou eficaz na Europa para evitar a transmissão do novo coronavírus.

“Essa medida da obrigatoriedade do uso de mascaras que usam o transporte público, foi adotada em vários países seja na Ásia ou Europa e vem sendo observada como medida assertiva. Então metro, cptm e EMTU estarão agora com a decretação da obrigatoriedade do uso de mascaras, não permitindo o acesso dos cidadãos ao transporte” disse Baldy

No caso dos ônibus na cidade de São Paulo, o Prefeito Bruno Covas, informou que as empresas de transporte coletivo que atuam no município serão multadas no valor de R$ 3.300 por cada veículo e por dia em casos que estejam pessoas no interior, viajando sem usar máscaras.

“O uso de mascaras não flexibiliza a medida das pessoas ficar em casa, é uma medida adicional” Disse Dr. David Uip

O índice de isolamento social nesta terça-feira dia 28 chegou aos 48%, abaixo do desejado pelo governo. O estado mantém uma média abaixo de 50% na região da Grande São Paulo nos dias úteis, e a gestão de João Dória deseja um aumento do indice para flexibilizar as medidas restritivas, mas ressalta que a continuidade deste baixo numero, impossibilita a retomada das atividades gradualmente.

“Não há nenhuma condição de flexibilizar o isolamento” disse Dória se referindo ao baixo índice.

“É chato, é difícil, mas necessário para salvar vidas. Por isto fiquem em casa” disse Dória explicando sobre o número baixo do índice de pessoas em casa

O Decreto com mais detalhes das ações de restrição de embarque, obrigando o uso de máscaras será publicado na edição de amanhã, 30 de abril do Diário Oficial.





Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.