Na estação Paulista, um passageiro escreveu em letreiro sua indignação com a empresa e no PAESE nem um deficiente visual foi respeitado.

Publicado: 16/02/2023

Foto: Diário dos Trilhos

Durante o dia de ontem, os passageiros que utilizam os trens da Linha 4-Amarela de metrô enfrentaram dificuldades para chegar ao seu destino, mas no horário de pico da tarde para a noite, os problemas e a falta de coordenação da ViaQuatro pioraram a situação.

A equipe do Diário dos Trilhos esteve na linha e na estação Paulista pôde acompanhar o caos que estressava quem só queria voltar para casa.

Logo ao chegar na plataforma da Paulista, a mesma era usada para quem iria sair do local e tomar os ônibus lá fora e para quem queria seguir para a Luz. Em dado momento dois vendedores ambulantes com carrinhos enormes passaram ofendendo passageiros e acelerando para “ter a licença” e passar com os volumes grandes na frente de todos. Ainda na mesma plataforma, um passageiro que não chegamos a ver quem foi, escreveu “vergonha” na placa com o nome da estação (foto capa da matéria).

Para sair e chegar à rua um exercício físico era necessário, pois desligaram todas as escadas rolantes, mesmo as utilizadas para subir e quando finalmente este obstáculo foi vendido, um grande número de pessoas se aglomeravam na rua.

Isto porque os ônibus do PAESE estavam demorando para chegar, afetados também pelo trânsito caótico da Rua da Consolação e também pela falta de organização em filas e orientação carente, que deveria ter sido prestada pela ViaQuatro.

Alguns ônibus paravam antes da estação com passageiros se pendurando nas portas e outros paravam a frente da estação, também causando correria. Em dado momento, um deficiente visual acompanhado por um segurança da concessionária da linha 4, foi impedido de embarcar pelos outros passageiros, ficando no meio da rua. Ele só entrou dois ônibus depois quando um funcionário da SPTrans gritou com as pessoas, principalmente homens que empurravam idosos e mulheres para ter um pouco de decência e educação e saber respeitar as demais pessoas.

Somente depois das 19h15 quando a linha começou a voltar ao normal que as filas foram diminuindo e as pessoas conseguiam ainda que lentamente seguir para casa.

Veja a seguir imagens do local durante o problema.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook –
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://ww.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

3 comentários »

  1. Importante sempre ver os dois lados da moeda. Sim, é ruim ter um problema desses, ainda mais no horário de pico, mas é algo incontrolável e que às vezes pode acontecer. 😦 Não controlamos as máquinas e nem energia, mas controlamos nosso emocional. E é horrível ver como nessa hora o ser humano falha, a razão vai por água abaixo, o emocional primitivo e agressivo domina. E justamente essa falta de equilíbrio emocional que faz a situação virar um caos e ficar pior do que estava. Da mesma forma que as pessoas estão querendo voltar pra casa, tinha funcionários da Via 4 fazendo hora extra pra solucionar o problema. Teve funcionário que chegou às 6h e foi embora às 20h, pra depois no dia seguinte estar lá às 6h de novo. E ele ainda teve que ter o emocional de lidar com pessoas mal educadas… Sou PCD e estive na linha 4 no dia, recebi toda a ajuda necessária e durante todo esse processo ouvi a grosseria de várias pessoas com o funcionário. Pedi desculpas em nome de outros e dei parabéns pelo emocional dele, pq de vdd, não sei se eu teria aguentado. Quando falam de carência na orientação lá fora com os ônibus paese é preciso entender que a Via 4 optou por proteger a saúde física dos funcionários, pq enquanto esses estavam lá orientando, começaram a ser ameaçados e por isso o fluxo de orientação por lá diminuiu. Independente de dificuldade ou não, temos que tratar o outro como gostaríamos de ser tratados e infelizmente não é isso que acontece no caos. Reforço perante a falhas, a verdade é que, a maior falha é do ser humano… Que ainda não tem o equilíbrio emocional e apesar de adulto, ainda está na fase da criança que quer tudo do jeito dela e em prioridade dela, sem considerar os outros ao seu redor.

    Curtir

  2. Eu escrevendo ficará igual aquele Ditado: “Um Burro Cagando e Eu falando da na Mesma” há Muitos Anos atrás Eu Trabalhei como “Fiel/Conferente na “Protege” fazendo Serviço de Coletas nas Estações do Metrô de 00:00hs até às 05:00hs da Manhã e sempre o Pessoal que Trabalha a noite nas Estações de vez em quando chegava-se em alguma Estação do Metrô e aquele Barulho infernal e um Dia perguntei para o Agente da Estação qual o Significado daquele Barulho, ele respondeu que era o Pessoal da Manutenção fazendo Vistoria nos Trilhos e outras Partes também, e saí da “Protege” fui Trabalhar na “Trnsvalor” mas até há poucos Anos atrás não só no Metrô mas nas Linhas de Trens também tinha Pessoal da Manutenção, hoje em Dia não existe mais esse Pessoal Noturno Trabalhando, exemplo disso é essa Linha de Trem “Grajaú&Osasco, todos os Domingos eles param um Trecho pra fazer Manutenção já faz mais de 08 Anos que ninguém nem Prefeitura, nem Governo do Estado ninguém se interessa por isso, mas na hora de vir pedir Votos te conhece Vc na Rua, Trem, Ônibus Metrô depois que esses Caras ganham, Tchau seus Babacas era isso que Eu queria o Voto de Vcs, não desejo a Desgraça de ninguém, nem pra meu Inimigo, mas a qualquer haverá um acidente Grave c/ algum Trem, ou Metrô sabes porque? Não querem Pagar Salários pra a Turma da Manutenção e c/ isso eles Economizam grana para o Bolso deles e que Danem-se quem Morreu num Desastre de Trem ou Metrô, falei Muito Obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.