Segundo o governador Rodrigo Garcia, o IPT está realizando laudos para identificar o culpado.

Publicado: 01/09/2022

Foto: Diário dos Trilhos

Nesta quinta-feira, 1º de setembro de 2022, completou sete meses do acidente nas obras da Linha 6-Laranja do Metrô na região da Marginal Tietê que resultou em transtornos para a população de São Paulo.

Na ocasião, a ruptura e desabamento de terra danificou um túnel de esgoto da Sabesp, inundando o poço de obras da nova linha, inutilizando o tatuzão e interditando a pista local da marginal no sentido Dutra/Ayrton Senna.

Depois disso, seguido de obras emergenciais e outras ações para recuperar tudo que foi atingido, com destaque para os trabalhos de fechar o buraco, recuperar a tuneladora, retirada de esgoto e devolver a segurança no canteiro de obras, as responsabilidades por este acidente começaram e sobre isto o atual governador, Rodrigo Garcia, foi questionado.

Ao ser perguntado sobre a apuração das causas do acidente e responsabilidades pelos problemas gerados, o governador explicou que o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) está estudando, apurando e em breve vai emitir um laudo que determinará se a culpa é da Acciona, responsável pela construção da nova linha de metrô ou a Sabesp, ou as duas empresas.

Definindo responsabilidades, será cobrado os valores desembolsados pela Prefeitura de SP, Estado e eventuais prejuízos para entes privados.

”O IPT está dedicado para fazer esse laudo que na disputa entre a concessionária e a Sabesp se avalie exatamente o que houve naquele incidente. Então nós não temos pressa, temos nos temos é transparência nessa investigação porque o que nós vamos discutir agora é quem vai arcar com esse prejuízo. Quem for responsável ou a Sabesp ou a concessionária, esse prejuízo vai ser arcado por uma das duas empresas. Assim que esse laudo ficar pronto, esse laudo vai agora para uma arbitragem e a discussão vai ser a responsabilidade entre a Sabesp que fez a estação coletora e entre a concessionária que fez a perfuração. Nós temos total interesse de esclarecer isso, de mostrar a transparência nesse esclarecimento e quem for responsável vai arcar com esse prejuízo”, disse Garcia.

A Sabesp já reparou o túnel afetado por onde este esgoto era coletado e em breve deve voltar a utilizar ele, já que atualmente testes são feitos no ponto afetado.

A fala de Rodrigo Garcia aconteceu justamente no local do acidente nesta quarta (31), onde ele de maneira simbólica acionou novamente o funcionamento do tatuzão batizado de “Maria Leopoldina”, homenagem a  princesa austríaca casou-se com Dom Pedro, em 1817 e atuou bastante no processo que resultou na independência anos depois.

No final o governador disse que os trabalhos não foram prejudicados durante o acidente, com os funcionários atuando em outras localidades e por este motivo, o prazo de entrega da linha para o final de 2025 está mantido.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook –
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://ww.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.