A ação policial contou com apoio da prefeitura para coibir a atuação do transporte clandestino.

Publicado: 25/08/2022

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Guarulhos

Uma operação policial terminou com mais de 20 motoristas de aplicativo presos no Aeroporto Internacional de Guarulhos na última terça-feira, 23 de agosto de 2022.

Fruto de uma ação conjunta da 3ª Deatur (Delegacia de Atendimento ao Turista – Polícia Civil) e da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana e da Guarda Civil Municipal de Guarulhos, o objetivo da ação é coibir a atuação do transporte clandestino e de possíveis golpistas.

Os motoristas foram abordados enquanto tentavam atrair suas vítimas, vestindo geralmente uma roupa social e com celulares nas mãos exibindo a mensagem “Uber”, eles procuram seduzir os passageiros que desembarcavam, com ofertas vantajosas, realizadas “por fora” do aplicativo.

De acordo com informações prestadas por Elisa Carnevale Hetti, delegada de polícia, a maior parte dos presos já possui antecedentes criminais.

Em um dos casos flagrados pela polícia, foi flagrado um grupo de pessoas na ala de desembarque do Terminal 2 com celulares nas mãos identificando-se como Uber. Eles se aproximaram de uma família tentando conduzi-la. Ao serem abordados, os três informaram que não eram cadastrados no aplicativo e que levavam as possíveis vítimas até veículos estacionados próximos ao hangar da companhia aérea Latam.

O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Guarulhos, Luigi Lazzuri, elogiou a postura da Polícia Civil em relação aos casos, que servem para inibir o transporte clandestino em Guarulhos. “O trabalho da delegada Elisa, do agente Marcelo e do investigador Fabiano é de suma importância para proteger a população desses arrastadores, que se aproveitam muitas vezes da boa-fé dos passageiros que chegam a Guarulhos e acabam enganados”, disse.

Essa prática acaba prejudicando os motoristas legalizados, que geralmente passam um tempo considerável em esperas virtuais para transportar um passageiro no aeroporto. Além disso, nem sempre a viagem com o transporte irregular termina corretamente, com casos já registrados de roubos de passageiros desavisados.

Atualmente nos terminais 1, 2 e 3 de Cumbica, bolsões identificados para o embarque e desembarque dos passageiros da Uber e 99, estão instalados, oferecendo uma maior segurança e confiabilidade no serviço.

Antes da operação, estes falsos motoristas atuaram por mais de seis meses sem qualquer impedimento das suas ações, inclusive pelo Aeroporto de Guarulhos que não atuava com seus agentes de segurança para coibir a prática.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook –
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://ww.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.