De acordo com a prefeitura o sistema estrutural está totalmente parado, com 6.500 veículos nas garagens.

Publicado: 14/06/2022

Pontos de ônibus no centro de São Paulo vazios. Foto: Diário dos Trilhos

No boletim da SPTrans divulgado às 11h desta terça-feira, 14 de junho de 2022, foi informado o número total de linhas afetadas em razão da greve dos trabalhadores do transporte público.

O levantamento aponta que 713 linhas estão sem funcionar com um total de 6.500 veículos que compõe o transporte estrutural que são os ônibus que partem de terminais ao centro da cidade, representando um total de 13 empresas paradas de 24 que prestam o serviço estrutural e local.

O sistema local que são os ônibus que atendem bairros e ligam aos terminais regionais está funcionando normalmente.

Foi solicitado ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho) para antecipar o julgamento do dissídio salarial dos trabalhadores para essa terça-feira, 14 de junho de 2022, para viabilizar um acordo entre categoria e empresas do transporte público.

Caso a tentativa obtiver sucesso, a greve pode ser encerrada o mais breve possível, ainda antes do horário da volta para a casa.

O SPUrbanuss que é o sindicato das empresas de ônibus da cidade, disse que ofereceu nessa segunda (13) um reajuste salarial de 12,47%, aumento no tíquete refeição a partir do mês de outubro, porém a categoria quer estes benefícios já a partir de maio, ou seja, contados a partir de agora com o retroativo do mês passado. Isto corresponde a parte das reivindicações da categoria.

O julgamento ainda hoje depende da aceitação por parte do Tribunal do pedido.

Segundo a SPTrans, 46 linhas do sistema Noturno do transporte coletivo funcionaram de um total de 150. Mas a partir das 4h, a operação em todas as garagens dos grupos estrutural e de articulação regional foi interrompida. O Grupo Local de Distribuição não foi afetado.

O Terminal Grajaú, na Zona Sul da cidade, foi fechado entre 4h e 4h50 após manifestantes utilizarem dois ônibus para interromper o fluxo de veículos.

Para ajudar no deslocamento, no Terminal Campo Limpo,, 12 linhas estão sendo estendidas até a Vila Sônia, onde os passageiros podem realizar a integração com o Metrô na Linha 4-Amarela. As linhas que vão até o Terminal Vila Nova Cachoeirinha estão levando os passageiros até o Metrô Barra Funda.

Uma decisão liminar determinou que 80% da frota seguisse operando nos horários de pico e 60% nos demais horários, sob pena de multa diária de R$ 50 mil, o que não está acontecendo e por este motivo, a Prefeitura pediu a cobrança da multa imediata em razão dos prejuízos causados à população.

Veja a seguir a relação das empresas que funcionam ou não, com ônibus nas ruas.

Relação de empresas com a operação paralisada em suas garagens:

– Santa Brígida (Zona Norte);
– Gato Preto (Zona Norte);
– Sambaíba (Zona Norte);
– Express (Zona Leste);
– Viação Metrópole (Zona Leste);
– Ambiental (Zona Leste);
– Via Sudeste (Zona Sudeste);
– Campo Belo (Zona Sul);
– Viação Grajaú (Zona Sul);
– Gatusa (Zona Sul);
– KBPX (Zona Sul);
– MobiBrasil (Zona Sul);
– Viação Metrópole (Zona Sul);
– Transppass (Zona Oeste); e
– Gato Preto (Zona Oeste).

Relação das empresas operando normalmente – Grupo Local de Distribuição

– Norte Buss (Zona Norte)
– Spencer (Zona Norte)
– Transunião (Zona Leste)
– UPBUS (Zona Leste)
– Pêssego (Zona Leste)
– Allibus (Zona Leste)
– Transunião (Zona Sudeste)
– MoveBuss (Zona Leste)
– A2 Transportes (Zona Sul)
– Transwolff (Zona Sul)
– Transcap (Zona Oeste)
– Alfa Rodobus (Zona Oeste)

Veja abaixo as reivindicações da categoria:

– Reajuste Salarial de 12,47%, mais aumento real;
– Vale Refeição de R$ 33,00 (unitário);
– Equiparação de todos os benefícios para os trabalhadores e trabalhadoras das empresas do sistema complementar (empresas novas);
– Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) de R$ 2.500,00;
– Fim das escalas com uma hora para refeição sem remuneração;
– Reajustes nos valores dos benefícios: Auxílio Funeral, Seguro de Vida, Convênio Médico e Odontológico etc;
– Adequação das nomenclaturas do Plano de Carreira do Setor de Manutenção, equiparação salarial e promoção para funcionários e funcionárias Fora de Função.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – 
http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.