Pessoas que ocupavam o imóvel colocaram fogo em objetos na via e se recusam a sair do local.

Publicado: 07/04/2022

Foto: Reprodução BandNewsFM

A Polícia Militar realiza uma operação de reintegração de posse em um imóvel na Rua Voluntário da Pátria, número 300 na região de Santana, Zona Norte da cidade de São Paulo, causando o desvio de 12 linhas de ônibus na manhã desta quinta-feira, 7 de abril de 2022.

Moradores do local conversam com autoridades e negociam a saída, mas pouco após as 6h, fogo em pneus e outros objetos foram colocados na via, interditando o local.

A Polícia Militar junto com o Corpo de Bombeiros e agentes da CET atuam no local.

São cerca de cem famílias que habitam o espaço e alegam desconhecer a ação judicial de reintegração de posse.

Veja a seguir as linhas afetadas.

278A/10 – Metrô Santana;
1156/10 – Praça do Correio;
137 – São Paulo (Metrô Armênia);
175 – São Paulo (Metrô Armênia);
341 – São Paulo (Metrô Armênia);
473 – São Paulo (Metrô Armênia);
478 – São Paulo (Metrô Armênia);
568 – São Paulo (Metrô Armênia);
578 – São Paulo (Metrô Armênia);
585 – São Paulo (Metrô Armênia);
588 – São Paulo (Metrô Armênia) Via Ayrton Senna;
820 – São Paulo (Metrô Armênia);

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.