Empresa ferroviária pede reintegração de posse em local que abriga aproximadamente 300 famílias.

Publicado: 06/04/2022

Em destaque em vermelho, a faixa territorial requisitada. Foto: Reprodução Google Maps

A Prefeitura de Suzano, Grande São Paulo, participou nesta terça-feira, 5 de abril de 2022, de uma reunião com representantes da MRS Logística para buscar soluções a respeito de uma ação de reintegração de posse em terrenos no Jardim Maitê e Jardim Monte Sion.

A empresa ferroviária  entrou na justiça no mês passado, pedindo que a área seja desocupada e devolvida, já que as residências construídas de maneira irregular.

A presença dessas pessoas no local é definida como ilegal, porque em 2019, um grupo de famílias que viva no mesmo local foi removida e alocada em imóveis no Conjunto Residencial Bosque das Flores, não tão longe dali. Porém pouco tempo depois, novas pessoas construíram moradias no mesmo espaço.

A MRS e prefeitura chegaram a informar os novos habitantes da irregularidade, porém não ocorreu a desocupação.

O encontro desta terça (5) não terminou com uma solução definitiva, porém a prefeitura e a empresa de ferrovias se comprometeram a apresentar e construir soluções para o impasse.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram –  https://www.instagram.com/diariodostrilhos/

Redes Sociais dos autores das matérias:
https://www.instagram.com/ricardobrmorato/
https://www.instagram.com/willianmoreira_fotojornalismo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.