A vítima não conhecia o agressor e seu óbito ocorreu em decorrência da grave agressão sofrida na estação Sé.

Publicado: 27/04/2021

Foto: Reprodução Twitter/ Claudiana dos Anjos

A passageira do Metrô de São Paulo com 46 anos de idade agredida com golpes de marreta em um trem na estação Sé nessa segunda-feira, 26 de abril de 2021, não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital devido um traumatismo craniano.

O ataque brutal aconteceu por volta das 5h, quando os trens ainda não estão tão cheios para o horário de pico da manhã. O criminoso que assim como a mulher agredida não tiveram duas identidades divulgadas, aparentemente escolheu seu “alvo” de forma aleatória, usando a marreta para atacar a vítima que estava sentada em um dos bancos do trem.

Quando ele desferiu os golpes, outros passageiros saíram em defesa da mulher, desarmando e passando a linchar o homem que só não teve maiores ferimentos devido a intervenção dos seguranças do Metrô que o detiveram.

Com idade de 55 anos, única informação publicamente divulgada, ele alegou aos agentes da companhia que usa medicamentos especiais e teria escutado vozes em sua cabeça mandando atacar as pessoas a sua volta, resultado de um surto psicótico.  Além da marreta, ele também estava com uma faca de cozinha.

Devido aos ferimentos o criminoso foi levado para o Pronto Socorro onde permanece em recuperação e sob escolta policial. Quando receber alta hospitalar será encaminhado para o centro prisional, antes passando por um interrogatório na DELPOM (Delegacia do Metropolitano) e ser formalmente acusado de homicídio.

As imagens da estação e trem serão analisadas para entender o desenrolar do crime.

Outro detalhe é que durante a ocorrência, o Metrô informava em seus canais oficiais que o problema na operação dos trens era uma “falha de trem”. O socorro até o hospital da vítima foi realizado pelos seguranças do Metrô que possuem treinamento em primeiros socorros e devido a gravidade, não era possível aguardar a chegada dos Bombeiros.

“Um passageiro agrediu uma passageira no interior de um trem que estava na estação Sé sentido Tucuruvi. A vítima foi socorrida imediatamente pelos funcionários e encaminhada para um PS na região. O agressor foi detido pelos agentes de segurança e encaminhado para a 8ª DP. A circulação foi normalizada em seguida haja visto que não era uma ocorrência técnica.”, disse a Companhia em nota divulgada horas após o ataque.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram – http://www.instagram.com/diariodacptm

2 comentários »

  1. Por favor mais segurança na saída da sé sentido praça João Mendes, fui assaltada hj de novo por três moleques, são ousados , autoritários é difícil isso . Em menos de dois meses dois assaltos no mesmo caminho. Por favor mais segurança pra inibir eles

    Curtir

  2. Bom Dia …
    Vcs param a madrugada. ..
    Pra essa porra ficar atrasando o povo …
    Vão tomar no Cu …
    E informem logo cedo que a via esta zuada
    Bando de incapazes filhos da Puta …

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.