Medida que flexibiliza um pouco as atuais restrições tem validade inicial de uma semana.

Publicado: 09/04/2021

O Governo do Estado de São Paulo em coletiva de imprensa realizada no começo da tarde desta sexta-feira, 9 de abril de 2021, coma presença do vice-governador, Rodrigo Garcia, anunciou novas medidas de enfrentamento a pandemia do coronavírus, retornando o estado para a Fase Vermelha.

Segundo Rodrigo Garcia, houve durante a Fase Emergencial uma diminuição de 17,7% na ocupação de leitos de UTI, resultado de um maior isolamento social e por essa razão ao voltar para a Fase Vermelha, algumas medidas atualmente em validade serão incorporadas no novo período restritivo como  o Toque de Recolher com maior fiscalização.

Segundo o Coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, Paulo Menezes, a expectativa e projeção é de se os indicadores se mantiverem nesta melhora no final de abril e começo de maio algumas regiões podem avançar para a Fase Laranja.

Veja abaixo as regras de funcionamento para as atividades em Fase Vermelha no Plano São Paulo e o que possui autorização para atuar:

* SAÚDE – hospitais, clinicas, farmácias, clinicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal;
* ALIMENTAÇÃO – supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres podem funcionar, mas é proibido o consumo no local;
* LOJAS DE CONSTRUÇÃO – permitido o atendimento presencial;
* FUTEBOL – liberado o Campeonato Paulista com protocolos sanitários mais rigorosos;
* SEGURANÇA – serviços de segurança pública e privada;
* COMUNICAÇÃO SOCIAL – meios de comunicação social executado por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens;
* CONSTRUÇÃO CIVIL E INDÚSTRIA – sem restrições;
* SERVIÇOS GERAIS – hotéis, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais, atividades religiosas:
* RESTAURANTES (DELIVERY, RETIRADA E DRIVE-THRU) E SIMILARES – permitido serviços de retirada, entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru). Consumo no local proibido;
* LOGÍSTICA – estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos;
* ABASTECIMENTO –  cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção;
* EDUCAÇÃO – detalhado a abaixo.

EDUCAÇÃO

Na Fase Vermelha os pais não precisam obrigatoriamente levar seus filhos para as aulas presenciais, mas em 14 de abril as escolas retomam o atendimento presencial respeitando o limite de 35% da capacidade máxima.

Alunos que mais precisam devem ir, eles estão classificados da seguinte forma:

* alunos com defasagem no seu aprendizado;
* alunos que possuem dificuldades para acessar o ensino online;
* alunos com necessidade de alimentação escolar;
* alunos cujos seus responsáveis trabalhem em serviços essenciais;
* alunos com saúde mental sob risco (casos de depressão, possibilidade de suicídio, entre outros).

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram – http://www.instagram.com/diariodacptm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.