Sindicato da categoria alega que a companhia e Governo do Estado não vacinaram os metroviários e ignoraram plano de emergência apresentado.

Publicado: 08/04/2021

Foto: Diário dos Trilhos

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo anunciou uma greve em todas as linhas de Metrô da capital a partir de 20 de abril de 2021, interrompendo o atendimento das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela, 5-Lilás e 15-Prata.

Essa “greve sanitária” seria a forma de protesto pela ausência de ações para prevenção ao coronavírus para os trabalhadores do setor. A entidade inclusive afirma que enviou a Companhia do Metropolitano e Governo do Estado de São Paulo, um Plano de Emergência para o setor, mas que teria sido ignorado.

A votação da assembleia contou com 1.023 votos e 64,6% de aprovação pela paralisação neste dia, cobrando também da gestão de João Doria e Bolsonaro a implementação de um lockdown, do  auxílio emergencial e que o seu plano de emergência seja seguido.

Além da greve em 20 de abril, no dia 16 os trabalhadores vão aos seus postos vestindo preto e com adesivos como forma de luto pelos óbitos de metroviários durante a pandemia.

Veja abaixo o comunicado do sindicato.

Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais
Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram – http://www.instagram.com/diariodacptm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.