Durante a semana bares, restaurantes e outras atividades deverão encerrar as atividades às 20h.

Publicado: 22/01/2021

Estação Sé - Foto: Diário dos Trilhos
Estação Sé – Foto: Diário dos Trilhos

O Governo do Estado de São Paulo em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 22 de janeiro de 2021, anunciou a regressão do estado inteiro no Plano São Paulo, trazendo também medidas mais duras que vão afetar principalmente o comércio varejista, bares e restaurantes.

Todas as regiões que estavam em Fase Amarela como a capital paulista e cidades do entorno, voltam para a Fase Laranja e outras regiões retornaram para a Fase 1, vermelha.

De acordo com as novas regras definidas após reunião, em 25 de janeiro todo estado ficará na FASE VERMELHA, com apenas as atividades essenciais podendo funcionar, proibindo assim a abertura de bares, restaurantes, shoppings e outras atividades que não se encaixam na exceção.

Já do dia 26 de janeiro até 7 de fevereiro, uma nova regra vai vigorar com todos os dias entre às 20h e 6h do dia seguinte, todos os municípios do Estado de São Paulo ficam em regra de fase vermelha, impedindo novamente o funcionamento das atividades acima descritas. No final de semana (dias 30 e 31/1 e 6 e 7/2) ficará ainda mais restrito, nestes dias ficará permitido apenas a abertura de farmácias, mercados, entre outros enquadrados como serviços essenciais (alimentação, abastecimento, saúde, bancos, limpeza, segurança e comunicação social, entendimento adotado com base no decreto federal nº 10.282, de 20 de março de 2020).

Já a operação neste final de semana nos dias 23 e 24 de janeiro será “normal” de acordo com a classificação de Fase Amarela.

Foto: Divulgação Governo do Estado de São Paulo

De acordo com João Gabbardo do Centro de Contingência da Covid-19, atualmente em São Paulo está sendo registrado um óbito a cada seis minutos e se os indicadores não melhorarem e as pessoas não mudarem seu comportamento, novas medidas ainda mais restritivas podem ser colocadas em prática.

Foi também anunciado o incremento de 750 novos leitos de UTI, a reabertura do Hospital de Campanha de Heliópolis em fevereiro, como também o adiamento do retorno as aulas que estava previsto para 1º de fevereiro.

Segundo dados divulgados pelo Governo do Estado, a taxa de ocupação em leitos de UTI em São Paulo é de 71,1% e 71,6% na Grande São Paulo, com 1.679.759 casos e 51.192 óbitos.

Apesar do endurecimento das medidas, o segundo dia de provas do ENEM estão confirmadas para este domingo (24).

Foto: Divulgação Governo do Estado de São Paulo
Foto: Divulgação Governo do Estado de São Paulo


Quer receber nossos textos assim que publicados? Acesse nosso grupo no Telegram (https://t.me/diariodacptm)

Nossas redes sociais

Facebook – http://www.facebook.com/oficialdiariodacptm
Twitter – http://www.twitter.com/DiariodaCPTM
Instagram – http://www.instagram.com/diariodacptm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.