A vitima além de cicloativista, era engajada em causas sociais e utilizava a bike como principal meio de locomoção.

Publicado: 08/11/2020

Marina Kohler Harkot, de 28 anos, morreu na madrugada do domingo, 08 de novembro, após ser atropelada em sua bicicleta na Av. Paulo VI na Zona Oeste de São Paulo.

Segundo publicações nas redes sociais, o motorista que após o acidente fugiu do local, conduzia uma SUV modelo Hyundai Tucson na cor prata.

Uma testemunha que passava pelo local e presenciou o acidente, chamou o atendimento médico (SAMU) e anotou a placa do veículo.

Marina era ativista do uso de meios de locomoção como a bicicleta, pesquisadora e doutoranda em planejamento urbano, também envolvida com causas sociais.

Devido ao acidente, grupos de ciclistas realizaram uma homenagem às 17h na Praça do Ciclista na Av. Paulista, pedindo justiça no caso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.