Nas redes sociais os moradores e usuários do transporte na região cobram providências.

Publicado: 24/09/2020

Foto: Reprodução Google Maps

Uma onda de roubos no terminal de ônibus de Santana e dentro da estação do Metrô da Linha 1-Azul preocupa os passageiros.

Relatos são publicados periodicamente nas redes sociais desde o começo do mês de setembro, sendo que alguns falam em roubos na bilheteria da estação, nas filas dos ônibus e até arrastão.

Devido isto, a hashtag #ViolenciaEmSantana é uma das utilizadas para informar os demais, dos problemas no entorno.

O Metrô chegou a responder uma das publicações em 15 de setembro, dizendo que rondas nas dependências da estação são feitas e seriam reforçadas para coibir as ações criminosas.

“Nossas equipes de segurança atuam em rondas para coibir delitos nos limites da dependência do Metrô. Vamos reforçar a necessidade apontada para que essas rondas sejam reforçadas. Caso observe atitude suspeita, informe pelo app Metrô Conecta ou SMS-Denúncia 97333-2252.”

O Diário dos Trilhos entrou em contato com o Metrô que também é responsável pelo terminal para saber que medidas serão adotadas quanto a segurança nos locais de responsabilidade de cada uma delas.

O Metrô disse que reforçou a segurança e pede que as pessoas registrem Boletim de Ocorrência B.O. para que a força de segurança pública elabore e adote estratégias para combater o crime no local.

Veja a nota na íntegra:

“O Metrô reforçou a segurança na estação Santana que conta com um dos maiores efetivos do sistema, para rondas nos acessos, bloqueios, bilheterias, mezanino e plataforma. Tão importante quanto isso, é que as pessoas registrem as ocorrências ou comuniquem aos funcionários, para a ação dos seguranças e norteamento das estratégias de atuação. Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM-M) irão intensificar o policiamento na região, com base nos indicadores criminais, além da distribuição por meio de planejamento estratégico dos agentes empregados na Diária Especial Por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (DEJEM), com a distribuição nas imediações do metrô e terminal de ônibus em Santana.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.