Vítima e sequestrador saíram sem ferimentos mais sérios, após ação tática da Polícia.

Publicado: 08/09/2020

Ambulância dos Bombeiros de prontidão para levar a vítima para o hospital. Foto: Diário dos Trilhos

Terminou bem um sequestro iniciado na tarde desta terça-feira 08 de setembro, na estação Adolfo Pinheiro da Linha 5-Lilás. Um homem armado com uma faca manteve uma mulher refém.

O sequestro começou logo após às 16h, e a ação criminosa moveu esforços da Polícia, Seguranças da concessionária Via Mobilidade e Bombeiros. Com a chegada da PM, o sequestrador dizia frases sem sentido e ameaçava machucar a refém, não demonstrando intenção de se render.

Por isto o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) foi chamado para assumir as negociações que duraram mais de duas horas, até o começo da noite.

Em um certo momento, o homem foi atingido com tiro de bala de borracha e tiro de pistola taser de choque, sendo imobilizado sem conseguir machucar a vítima.

Após cerca de quinze minutos de um “estouro” ouvindo pelos jornalistas do lado de fora da estação, a mulher foi levada para uma ambulância dos Bombeiros e encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na região de Santo Amaro, apresentando crise nervosa devido a situação que passou.

Já o agressor foi encaminha do ao 11º DP onde permanecerá detido. Segundo a PM recebeu de informação de familiares do agressor, ele sofre de esquizofrenia e não tomou seus remédios no dia de hoje (08).

Entre às 16h e 18h50 a estação Adolfo Pinheiro permaneceu fechada, com trens passando direto sem obedecer parada. Após a saída da Polícia a estação foi reaberta, mas um acesso onde houve o sequestro permanecia interditada.

Acesso da estação onde aconteceu o sequestro continua fechado. Foto: Diário dos Trilhos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.