A Prefeitura de São Paulo tem 48 horas para atender a determinação, sob pena de multa no valor em R$ 50 mil por dia.

Publicado: 16/07/2020

Foto: Diário dos Trilhos

A Justiça Paulista determinou nesta quinta-feira, 16 de julho que a Prefeitura da cidade de São Paulo coloque todos os ônibus do transporte coletivo em operação, elevando o total da frota para 100%.

O prazo para atender a medida da justiça é de 48 horas, caso contrário, a cidade será multada em R$ 50 mil por cada dia em que não se tenha todos coletivos circulando.

Além disto, os cuidados sanitários para evitar a propagação do coronavírus deverão ser mantidos, como higienização de ônibus e terminais, uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool em gel e evitar veículos lotados.

“Com a flexibilização da quarentena e o retorno das atividades na capital, os reflexos no transporte público foram alarmantes. Nossos trabalhadores ficaram desesperados, conduzindo veículos superlotados em tempos que se prega para evitar aglomerações. A saúde dos profissionais e de toda a sociedade está em risco, o único modo de evitar essa exposição é aumentar a frota. Buscamos ser sensíveis o tempo todo, mas precisamos recorrer à Justiça”, afirmou o presidente em exercício do sindicato, Valmir Santana da Paz (Sorriso) em nota divulgada para a imprensa.

Atualmente a frota em circulação é de 84% do total dos ônibus.

Em entrevista a TV Globo, o Prefeito Bruno Covas disse que a Prefeitura irá recorrer da decisão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.