Companhia contesta a versão de tortura e disse que irá processar a dupla de vendedores por injuria e ameaça. As imagens circulam as redes sociais.

Publicado: 06/07/2020

Foto; Reprodução redes sociais

Um caso de confronto entre seguranças terceirizados da CPTM, Segundas da companhia (PFs) e vendedores ambulante deixou pelo menos uma pessoa ferida e precisou da intervenção da Polícia Militar. O caso aconteceu na ultima quinta-feira, 02 de julho na estação de Francisco Morato da Linha 7-Rubi.

De acordo com a dupla de vendedores, eles estavam na parte da área não paga da estação junto ao terminal de ônibus, quando foram abordados por seguranças da empresa contratada e dois PFs que alegaram que a dupla havia arremessado pedras em direção aos vigilantes e na plataforma.

Um dos dois foi levado para uma sala da estação e um vídeo gravado após a chegada da polícia, mostra o homem identificado como Cesar Augusto Souza de Oliveira, sangrando e sendo levado por policiais para a viatura, onde foi encaminhado ao hospital e depois para a delegacia. Cesar e seu amigo disseram que vão processar a companhia.

Vídeo: Reprodução redes sociais

Já a CPTM alega que um grupo com quatro pessoas estava arremessando pedras, garrafas e latas em direção a plataforma, colocando em risco os demais passageiros que aguardavam o trem. Ao serem abordados, os segurança foram agredidos por dois homens. Veja a nota na íntegra abaixo:

“Por volta de 17h30 desta quinta-feira (02/07), quatro pessoas, que estavam sentadas em um muro ao lado da Estação Francisco Morato, começaram a jogar latas, garrafas e pedras na direção da plataforma 2, colocando em risco os passageiros que aguardavam o trem. Agentes de segurança foram acionados e, ao chegarem ao local, foram agredidos por dois homens. Não houve disparo de arma de fogo. Com o apoio da PM, dois indivíduos foram conduzidos ao DP do município, onde foi lavrado o BO de lesão corporal e depois foram liberados.”

A companhia ainda completa que a Polícia Militar esteve no local como apoio e conduziu as partes para a delegacia, onde ambos foram registrados como vítimas e agressores. A vai processar os dois vendedores ambulantes por ameaça e injúria.

1 comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.