Publicado: 27/05/2020

Ao invés de uma ação válida para todo o estado, agora são várias regiões divididas que receberão ações separadas no combate ao coronavírus, a partir de 1º de Junho.

O Governo do Estado de São Paulo anunciou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 27 de maio, o chamado “Plano São Paulo” que é a medida do governo para retomar a normalidade de antes da pandemia, mas de forma gradual e com os cuidados sanitários necessários.

A quarentena será prorrogada por mais 15 dias e seguirá até 15 de junho de 2020, entretanto com relaxamento das medidas restritivas de forma separada em cada parte do Estado.

Para uma flexibilização em cada região, os índices como numero de novos casos, oferta de leitos hospitalares disponíveis e a continuidade de seguir as medidas de cuidados sanitários como uso de máscaras, serão avaliados diariamente.

O Governador João Dória ressaltou que a população colaborou, com aumento de 2 em média de isolamento nestes últimos dias de feriado prolongado, o que representou mais 1,6 milhão de pessoas no estado, colaborando com a medida de distanciamento social. E que a quarentena salvará 65 mil pessoas.

“A quarentena em SP desde o seu inicio e até 31 de maio vai salvar 65 mil vidas. Estes são dados da ciência.”, disse Dória.

A expectativa é de uma volta parcial e gradual das atividades suspensas, em especial o comércio.







Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.