O edital cancelado previa a construção de uma estação provisória para a execução das obras na centenária estação.

Foto: Diário da CPTM

A CPTM revogou/encerrou nesta semana um processo de licitação que iria determinar uma empresa para restaurar a estação de Jundiaí da Linha 7-Rubi. A intervenção também previa a construção de uma estação provisória no local.

Desta maneira a companhia irá realizar novo processo de licitação para iniciar as obras de uma estação que se encontra em situação de abandono e descaso, ainda  mais por ser patrimônio histórico.

Em 2019 estivemos na estação e encontramos dezenas de problemas causados pela ação do tempo, mas principalmente por falta de cuidado e zelo da CPTM por um local que tem mais de cem anos e é de fundamental importância para a história do Estado. O telhado tem infiltrações e vários pontos com apodrecimento da madeira e cupins, quadro de luz não tem isolamento adequado, algumas áreas não possuem sinalização e outras o piso antigo de “taco” solto e podre. Vejam fotos abaixo que realizamos na época, mas que estão da mesma forma ou pior atualmente:

Em nota como resposta ao questionamento da obra, a CPTM disse mudou a estratégia para obras da estação focando agora APENAS na restauração do telhado e está preparando nova licitação para restauro dele. Ou seja, demais partes da estação devem por mais um tempo, continuar sofrendo ação do tempo.

Este é mais um triste episódio do descaso estatal com o patrimônio da cidade e do Estado, assim como a passarela histórica de Rio Grande da Serra que em 2018 recebem a promessa de restauração, mas segue largada no mato do lado da via a quase dois anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.