diariodostrilhos@gmail.com

Seguranças da Linha 5 do Metrô são agredidos por ambulantes

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento da agressão pelo grupo de vendedores.

Um grupo de cerca de 10 vendedores ambulantes agrediram com pedaços de madeira, dois seguranças da Linha 5-Lilás do Metrô operada pela Via Mobilidade, na tarde desta quinta-feira 16.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra quando o grupo de ambulantes pega pedaços de madeira e partem para agressão aos seguranças, no terminal de ônibus em frente à estação Capão Redondo. De acordo com a Via Mobilidade,  o motivo será uma apreensão de mercadorias realizada dentro da estação. Veja vídeo:

Crédito: Reprodução Redes Sociais

A Polícia Militar foi acionada para conter a ação do grupo que agredia os funcionários da companhia. Os dois vigilantes foram levados ao hospital e um Boletim de Ocorrencia foi elaborado, onde a Delegacia de Polícia do Metropolitano (DELPOM) vai investigar o caso.

Em nota a concessionária Via Mobilidade informou que a apreensão de mercadorias  sem autorização da administração do sistema é irregular e amparada pelo Regulamento dos Transportes Ferroviários, estabelecido através do Decreto Nº 1.832/1996. O artigo 40 do decreto estabelece: “É vedada a negociação ou comercialização de produtos e serviços no interior dos trens, nas estações e instalações, exceto aqueles devidamente autorizados pela Administração Ferroviária”. O que autoriza a apreensão dos produtos comercializados.

Um comentário

  1. José edgard Santana

    É lamentável. O índice de desempregados é alto. O funcionário de segurança tem q obdecer ordens, senão TB fica desempregado. Por que não se faz um cadastro dos ambulantes? Aí todos ganham e acaba com essa violência desnecessária. Reúne poder público, CPTM, empresa de segurança e ambulantes e faz um acordo e TDS ganh em paz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: