O técnico de manutenção ia verificar uma subestação de energia que não tinha o isolamento adequado, o que pode ter provocado o acidente.

Um funcionário da CPTM morreu na madrugada de ontem dia 2 de janeiro quando estava em seu trabalho, na Linha 8-Diamante da CPTM. Robson Eduardo Gomes, de 30 anos, veio a falecer após receber uma descarga elétrica de cerca de 3 mil volts quando tocou na maçaneta da porta de uma subestação de energia perto da estação Júlio Prestes. Segundo informações o local não está totalmente adequado com as normas de segurança, já que havia infiltração e sobre a porta também não existe uma canaleta para desviar a água, o que pode ter provocado ou contribuído para a tragédia.

Robson chegou a ser socorrido para a Santa Casa de Misericórdia na região central, mas faleceu pouco após dar entrada no hospital.

CSP-Conlutas São Paulo expressou uma nota de repúdio a CPTM, alegando descaso da empresa com seus funcionários em acidentes de trabalho. Vale lembrar que a poucos meses atrás um vigilante de empresa terceirizada faleceu morto por ambulantes, e estes diariamente tem desvios de função, realizando tarefas além das que foram contratados, conforme alguns seguranças que tem medo de se identificar já relataram. Também os funcionários da companhia costumam ter acúmulo de tarefas como em algumas estações, o que também acarreta e maior risco de erros ou acidentes.

A CPTM por meio de nota informou que abriu um processo interno agora averiguar as causas do acidente, lamenta profundamente o ocorrido e que a família está recebendo assistência da companhia.

Um Boletim de Ocorrência foi realizado no 77° DP da Santa Cecília, que vai investigar o caso.

3 comentários »

  1. Eu conheco o Robson e sua familia desde bebe e acompanhei toda a trajetória deste modo 2 filhos gemeos sendo o menino autista deixou essas duas crianças órfãs de pai com 5 anos de idade. Deixou um pai qie esta com câncer e não se mexe da barriga para baixo. Como sera a vida desta familia agora? Um menino doce com um coracao tao grande cheio de bondade que não cabia no peito. E agora perdemos este doce jovem por descaso da CPTM, SERA QUE O PRESIDENTE DA Cptm tem coracao sera que o governador tem coracao. Deixo aqui a revolta e a dor desta perda que jamais sera reparada. O que nos resta e pedir a Deus para consolar a familia e ficar com o nosso peito cheio de saudades.

    Curtir

  2. Falta de respeito com o ser humano, dinheiro é que não falta para proporcionar melhores condições de trabalho para os funcionários que trabalha com alto risco como o Robson trabalhava, não pode ficar impune pois com certeza esse caso teve sim erro, o Robson se foi e a família está sofrendo muito.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.