A parceira entre as duas empresas foi anunciada na tarde desta segunda-feira e a ideia é treinar/capacitar o vendedor para que ele saia da informalidade e tenha seu próprio negócio, permitindo assim a venda nas dependências da CPTM.

Foto: Diário da CPTM

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a CPTM assinaram um projeto piloto na tarde desta segunda (25) que vai capacitar de forma gratuita, vendedores ambulantes que atuam dentro dos trens e em estações da companhia. O objetivo é acabar com os vendedores ilegais dentro dos trens.

O projeto vai ter inicio no começo de dezembro e os interessados podem se candidatar de forma gratuita, para que assim possam vender nas dependências da CPTM mercadorias que tenham a origem comprovada, ou seja, produtos adquiridos de maneira legal.

“O programa vai estimular oportunidades de trabalho legal e, futuramente aumentar a receita da CPTM, uma vez que o empreendedor vai passar a ser cliente da companhia”. disse o Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy
 
Os primeiros alunos vão compor duas turmas com 24 pessoas em cada uma delas e tem início na próxima semana, dia 4/12 na estação Engenheiro Goulart, local do treinamento. Após a capacitação os vendedores podem abrir uma empresa como o MEI (Microempreendedor Individual) e assim buscar crédito com apoio estatal e assim iniciar seu negócio.

Por outro lado o secretário ressalta que isto não representa uma flexibilidade na fiscalização dos ambulantes ilegais, que por sinal as ações de apreensão e rondas para inibir as vendas ilegais vão ser intensificadas. Vale lembrar que no primeiro semestre e após o assassinato de um segurança por vendedores ambulantes, foi anunciado que a Polícia Militar começaria a atuar dentro dos trens em ações nos moldes da Operação Delegada, mas até o momento nenhum anuncio oficial foi feito.

10 comentários »

  1. Eu.particularmente gostei da ideia, pois sou um vendedor dos trens, mas graças à Deus, nunca tive nem um tipo de problemas, com os Policiais federais, da CTM Acho que o País na fazê que está passando, não tá fácil eu sou Pai de família tenho 4 filhos é precioso correr atrás do ganha Pão 🙏👍 adoraria ter essa oportunidade 🙏😢

    Curtir

  2. Ótima idéia, eu como vendedor ambulante de trens a 20 anos correndo e sendo tomado várias vezes muitas vezes pensei em uma forma de legalização, cheguei até a sugerir muitas das vezes sem ser ouvido. Essa matéria me surpreendeu pela parceria com o Sebrae, mas se minha opinião valer de uma coisa, essa ideia precisa ser revista, melhor analisada e que tenha um projeto mais bem elaborado para que se torne funcional.
    1° apenas na linha 8 diamante estão trabalhando hoje uma média de 150 marreteiros.
    2° seria preciso entrevistar os interessados que já trabalham no trem, porque dentro de todos eles tem os que trabalham porque precisam sustentar a família e os que trabalham pra fazer bagunça.
    3° texte toxicológico.
    4° -24 vagas é muito pouco, causaria o caos dentro dos trens e plataformas, a fiscalização iria enfrentar desgosto e derrotas …
    5° organização, horários e equipes trabalhando.
    6° necessidade de uma reabilitação pessoal de comportamento, educação, regras, e responsabilidades …

    Obs: Os marreteiros nos trens, muitas das vezes não são ruins como todos pintam. As mercadorias vendidas não são de origem duvidosa, tudo que é vendido é comprado, porém se vc vai em uma distribuidora que já é um consumidor final, ele não dá nota, não existe um sistema para eles emitirem essa nota. Não vou ser hipócrita afirmando que não existe mercadorias roubadas por que existe, porém são poucos que usam desses meios, porém é possível reduzir considerávelmente os números ou até estinguilos a zero por meio de fiscalização ou até na seleção de quem for trabalhar legalmente, exame toxicológico, consulta nos antecedentes, idade mínima estipulada como requisito.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.