O dispositivo aumenta a segurança no embarque e desembarque dos passageiros, diminuindo o vão entre o trem e a plataforma.

Estação Palmeiras-Barra Funda recebeu o dispositivo no feriado de independência. Foto: STM

Nos últimos dois finais de semana, a CPTM aproveitou as obras de modernização habituais aos sábados e domingo, e instalou nas as estações Tatuapé e Palmeiras-Barra Funda, os chamados borrachões. Um dispositivo de cor destacável, no caso amarela, que serve para diminuir o espaço entre o trem e a plataforma, evitando assim novos acidentes que são comuns de pessoas que caem neste espaço.

No Tatuapé, o borrachão foi instalado na plataforma da Linha 11-Coral no sentido luz entre os dias 31/8 e 1/9. Já neste feriado de independência, o dispositivo foi instalado na estação Palmeiras-Barra Funda na plataforma da Linha 7-Rubi.

Até o mês de abril do ano que vem, as estações Osasco (8-Diamante), Santo Amaro (9-Esmeralda), Santo André (10-Turquesa), Brás e São Miguel Paulista (12-Safira) também vão contar com o borrachão. O investimento é de cerca de R$ 7,2 milhões  e com o término dessa primeira fase, ainda em 2020 novos estudos serão feitos para que mais estações sejam contempladas.

O desenho destes borrachões foram especialmente desenvolvidos para a CPTM, que compartilha suas vias com trens de carga e por isto o vão acaba sendo maior. A medida é efetiva, mas ainda não elimina o problema do espaço, mas o deixa bem menor em relação a estações que não o tem instalado em suas plataformas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.