Salatiel Gomes da Silva de 51 anos, faleceu devido complicações da agressão sofrida.

O vigilante da empresa terceirizada Gocil que presta serviços de vigilância patrimonial na CPTM, faleceu nesta sexta (09), devido complicações dos ferimentos da agressão covarde sofrida na última segunda-feira, na estação Botujuru da Linha 7-Rubi.

Salatiel Gomes da Silva, deixa esposa e filhos. Já Luís Antônio Garatti, de 42 anos, teve ferimentos leves. Ele foi medicado no hospital e teve alta no mesmo dia.

O delegado, Adalberto Ceolin, responsável pela investigação disse ao G1 antes do óbito de Salatiel, estar perto de identificar os criminosos e que os dois serão indiciados por tentativa de homicídio e lesão corporal. O crime aconteceu na tarde da última segunda (05) quando dois vendedores ambulantes foram impedidos de entrar na estação sem pagar tarifa, e insatisfeitos retornaram pouco tempo depois, com paus e pedras, atacando a dupla de seguranças com muita violência.

Imagem divulgada dos suspeitos do crime. Foto: Divulgação

A CPTM demorou a se posicionar sobre o caso, sem informar até o presente momento que medidas deverá adotar para impedir que casos como este se repitam. Final do ano passado outro vigilantes foi morto na Linha 8-Diamante, também atacado por ambulantes.

O velório de Salatiel acontece neste sábado 10/8 a partir das 14h e o sepultamento às 17h no Cemitério Dom Bosco em Perus, Zona Norte de São Paulo.

Em algumas estações mensagens de luto foram colocadas, mas a CPTM ao saber pediu para que fossem retiradas as homenagens. Foto: Redes Sociais

Por meio de nota enviada ao G1, a CPTM informou que lamenta profundamente a morte do vigilante após ter sido “covardemente agredido”. Ainda segundo a companhia, Salatiel era funcionário de uma empresa de segurança terceirizada que presta serviço para a CPTM.

“A companhia se solidariza com a dor da família neste momento tão difícil e colabora com as investigações para que os criminosos sejam localizados e responsabilizados o mais rápido possível por esse crime bárbaro.”

3 comentários »

  1. Tem como prenderem estes marginais, é só ter boa vontade. Repito, no meio destes ambulantes, existem vários q devem a justiça, seria fácil indentificar e prende-los. Mas aqui é Brasil né…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.